Folha Vitória Motorista sem CNH paga fiança de R$ 10 mil e é solto após provocar acidente e morte na Serra

Motorista sem CNH paga fiança de R$ 10 mil e é solto após provocar acidente e morte na Serra

Olendino Andrade dos Santos morreu após ser atingido por um carro no final de semana; segundo a Polícia, motorista dirigia embriagado

Folha Vitória
Foto: Reprodução TV Vitória
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Tristeza e saudade foram os sentimentos que ficaram para a família de Olendino Andrade dos Santos, de 47 anos. O homem morreu após ser atingido por um carro no fim de semana. O motorista que dirigia o veículo, segundo a polícia, estava embriagado. O suspeito chegou a ser preso, mas foi solto após pagar fiança. 

O acidente aconteceu na noite de domingo (20), no bairro Vila Nova de Colares, na Serra. O motorista de ônibus estava voltando para casa, em uma motocicleta, quando foi atingido pelo carro. 

A polícia informou que a condutor do veículo, que provocou o acidente, entrou na contra mão e bateu na moto que Olandino estava. O Samu foi acionado. No entanto, quando as equipes de socorro chegaram, o homem já estava morto. 

De acordo com a polícia, José Carlos da Cruz Santos, de 30 anos, era quem conduzia o carro. Ele não possui carteira de habilitação e passou pelo teste do bafômetro que apontou ingestão de bebida alcoólica. 

Parentes de Olandino contaram que ele gostava de se reunir com a família para momentos de alegria. A irmã da vítima, Patrícia Olinda Sudário, disse que no dia do acidente ele ligou pra a esposa e pediu para que ela esquentasse a janta.

"Ele fez uma chamada com a minha cunhada, como ele fazia todos os dias. Ele falou com ela que estava saindo do trabalho e pediu para ela esquentar a janta. Ele só queria chegar em casa, tomar banho e descansar, porque no dia seguinte ele iria trabalhar", contou.

O suspeito de provocar o acidente foi preso, mas logo foi liberado. Ele pagou uma fiança de R$ 10 mil e foi solto. A vítima deixou um filho de 23 anos e outro de 22, além de uma família arrasada.

"Meu coração hoje sangra. Vou enterrar o meu irmão. Amanhã pode ser você que estará enterrando um ente querido. Eu não quero isso para ninguém. Eu peço para que as autoridades, deixam esse homem na cadeia e pague pelo que fez", frisou a irmã da vítima. 

*Com informações da repórter Danielle Cariello, da TV Vitória/Record TV. 

Últimas