Folha Vitória Mulher é agredida pelo marido que não aceita que ela trabalhe fora de casa

Mulher é agredida pelo marido que não aceita que ela trabalhe fora de casa

O homem se irritou com o atraso da mulher e partiu para agressão

Folha Vitória
Foto: Reprodução TV Vitória
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Uma jovem, de 24 anos, foi ameaçada de morte e agredida pelo marido que não aceita que ela trabalhe fora de casa. A mulher quase foi esfaqueada na frente dos filhos. O crime aconteceu na residência do casal no bairro Vista da Penha, em Vila Velha.

A jovem trabalha em um posto de combustível como atendente. Neste domingo (21), a mulher demorou para chegar em casa, o que deixou o marido irritado. Ele tentou agredir a companheira com uma faca. 

"Ele ficava falando que eu não estava trabalhando, que eu estava inventando. Quando cheguei, ele já estava com a faca na cintura. Eu entrei em casa, ele tentou me dar várias facadas e não conseguiu", disse.

O irmão da vítima estava na residência esperando a mulher para ir em um aniversário e conseguiu evitar o crime. A agressão aconteceu na frente dos filhos do casal, frutos do relacionamento de sete anos. "Eles gritavam e choravam muito. Foi horrível, as crianças estavam muito assustadas", contou. 

Abalada, a jovem resolveu ir para a casa dos país, no bairro Residencial Coqueiral. O suspeito foi atrás dela e forçou o portão da residência para conseguir entrar. O homem fez diversas ameaças e a mulher acionou a polícia. 

Segundo a vítima, o marido faz uso de drogas. Ela contou que, só neste ano, essa é a terceira vez que ela aciona a polícia, mas o homem não é preso. De acordo com a mulher, nas outras ocasiões, ela foi orientada a deixar a residência, mas o homem ia atrás dela e a obrigava a voltar para casa.  

Desta vez, a mulher pediu uma medida protetiva. A Polícia Civil informou que o pedido foi encaminhado ao judiciário, responsável por fazer o deferimento.

*Com informações da repórter Jessica Cardoso, da TV Vitória/Record TV. 

Últimas