Folha Vitória Mulher é detida após transportar drogas na mochila da filha de sete anos

Mulher é detida após transportar drogas na mochila da filha de sete anos

A suspeita foi detida enquanto traficava drogas em uma praça; policiais chegaram ao local após denúncias de moradores da região

Folha Vitória
Foto: Reprodução
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Após denúncias de moradores do bairro Itararé, em Vitória, a polícia conseguiu prender uma mulher suspeita de tráfico em uma praça. No momento da prisão, ela estava com a filha de 7 anos. A droga foi encontrada na mochila da criança.

Tudo aconteceu no momento em que policiais militares faziam um patrulhamento com o intuito de coibir o tráfico de drogas na região. Após receberem a denúncia de que a mulher estaria traficando na praça, os militares foram até o local.

Foto: Reprodução
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Ao todo foram apreendidos 14 pinos de cocaína e duas buchas de maconha. A droga foi encontrada na mochila, que estava nas costas da criança.

A suspeita e a menina foram levadas para a Delegacia Regional de Vitória. Como mora na Serra, a criança 
precisou esperar dentro da viatura a chegada de um representante do Conselho Tutelar do município.

"Normalmente o procedimento que o município de Serra toma, quando o DPJ liga e existe uma situação dessa de pais detidos, é chamar o Conselho. Independente de qual jurisdição seja, o Conselho vai até o local, busca a criança e, em seguida, nós vamos descobrir um familiar, entrar em contato, saber de qual município e, descobrindo isso, nós tomamos as providências cabíveis", explicou a conselheira tutelar Eva Frasson

O avô da menina também esteve na delegacia, mas preferiu não gravar entrevista. Ainda de acordo com a conselheira, a criança será entregue à família.

"Ela vai continuar vivendo com a avó em Governador Valadares. A gente faz um relatório para o Conselho Tutelar de lá e essa criança tem um acompanhamento psíquico, psicológico, todo um aconchego para que esses possíveis danos não aconteçam novamente na vida dela e ela possa ser uma adolescente, uma jovem e uma adulta saudável", afirmou.

* Com informações da repórter Bianca Vailant, da TV Vitória/Record TV.

Últimas