Mulher tem o celular roubado e é agredida por homens de bicicleta na Reta da Penha

A vítima estava saindo de uma agência bancária na Reta da Penha, quando foi cercada pelos criminosos

Foto: Everton Nunes
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Uma jovem de 26 anos passou por um sufoco na noite desta quinta-feira (27). Ela saiu do trabalho, na Reta da Penha, uma das principais avenidas de Vitória, e passou em uma agência bancária antes de ir para casa, mas acabou sendo vítima de uma assalto e ainda foi agredida. 

De acordo com a vítima, antes de sair do banco percebeu que dois homens com atitude suspeita passaram pela avenida. Com medo, a jovem decidiu chamar um motorista de aplicativo para ir para casa. Ela esperou o motorista chegar para sair da agência, mas quando saiu, foi abordada por pelos dois suspeitos que dividiam a mesma bicicleta. 

Os suspeitos ainda estavam alguns metros de distância da vítima, quando ela tentou se afastar. Mas ela acabou encurralada e foi obrigada a entregar o celular aos suspeitos. Mesmo entregando os pertences aos criminosos, o suspeito que estava na garupa foi agressivo e deu um soco no rosto da jovem.

O crime ocorreu próximo a um semáforo. No momento da agressão, o sinal estava fechado e havia cerca de dez motoristas parados. Segundo a vítima, os condutores do veículo abandonaram a direção e correram atrás dos assaltantes. Um deles conseguiu fugir. Já o outro, foi pego pelos motoristas e acabou preso. 

Os envolvidos foram parar na Delegacia Regional de Vitória. O suspeito contou para os policiais que o comparsa havia fugido com o celular e carteira da vítima. Mas logo em seguida, um irmão e prima do suspeito apareceu na delegacia com os pertences da vítima. De acordo com a Polícia Civil, o suspeito, de 23 anos, foi autuado em flagrante por roubo e foi encaminhado para o Centro de Triagem de Viana. 

*Com informações da repórter Marla Bermudes, da TV Vitória/Record TV.