Folha Vitória Municípios da Grande Vitória começam a aplicar segunda dose de vacina na quarta-feira

Municípios da Grande Vitória começam a aplicar segunda dose de vacina na quarta-feira

A primeira dose da CoronaVac começou a ser aplicada, no Espírito Santo, no dia 18 de janeiro, um dia depois de a Anvisa autorizar o uso da vacina no Brasil

Folha Vitória
Foto: Divulgação / Prefeitura de Viana
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

A segunda dose da CoronaVac, vacina contra a covid-19 desenvolvida pela farmacêutica chinesa Sinovac, em parceria com o Instituto Butantan, começará a ser aplicada na Grande Vitória a partir desta quarta-feira (17). As prefeituras da capital e de Cariacica confirmaram que começarão a aplicar a segunda dose nesse dia. 

A primeira dose do imunizante começou a ser aplicada, no Espírito Santo, no dia 18 de janeiro, um dia depois de a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizar o uso emergencial da vacina no Brasil. A recomendação é de que a segunda dose da CoronaVac seja aplicada em um intervalo de 14 a 28 dias após a primeira.

O grupo prioritário a receber a vacina serão os idosos residentes em instituições de longa permanência (ILP's) — como asilos ou lar de idosos —, profissionais de saúde que atuam na linha de frente do combate à doença, população indígena aldeada e pessoas com deficiência que estejam em instituições.

Por meio de nota, a Secretaria de Saúde de Vitória (Semus) informou que, do total de 10.751 doses em estoque disponíveis, 7.425 serão destinadas à segunda etapa da aplicação do imunizante nos idosos que residem em ILP's e trabalhadores da saúde que atuam na linha de frente contra a doença.

Ainda de acordo com a prefeitura, a segunda dose deste grupo será aplicada da mesma forma da primeira: as equipes de saúde irão até os locais para imunizar este público.

A administração municipal informou também que as demais doses têm como finalidade concluir a vacinação dos idosos acima de 90 anos de idade, bem como os trabalhadores ativos da saúde com 60 anos ou mais, que, de acordo com o Estado, são os que devem ser vacinados neste momento.

Leia também:

>> Covid-19: idosos acima de 80 anos poderão ser vacinados até o final de fevereiro no Espírito Santo

>> 'Queremos vacinar 100% dos trabalhadores da Saúde até o início de março', diz secretário

>> Cronograma: veja a ordem de vacinação contra covid-19 dos idosos no ES

Em Cariacica, a Secretaria Municipal de Saúde (Semus) informou que recebeu um lote com 3 mil unidades na última terça-feira (9) e que, até o momento, 7.108 pessoas já foram imunizadas. Segundo a Semus, a prioridade serão os idosos que moram em instituições de longa permanência e profissionais de saúde. 

Ainda de acordo com a Prefeitura de Cariacica, é possível fazer o agendamento por meio do site vacina.cariacica.es.gov.br. Lá existe um espaço para dizer se o paciente é acamado. Se sim, equipes volante da secretaria farão vacinação a domicílio.

Outros municípios

Já as prefeituras de Vila Velha e Viana informaram que começarão a aplicar a segunda dose da vacina na quinta-feira (18). Segundo a Secretaria de Saúde de Vila Velha, a segunda dose será aplicada, inicialmente, nos idosos em Instituições de Longa Permanência. 

Ainda de acordo com a prefeitura do município canela-verde, há previsão para a chegada de novas doses, que serão destinadas à vacinação dos profissionais de saúde. Sobre locais de aplicação, a Prefeitura de Vila Velha informou que a equipe de técnicos está realizando o planejamento nesta segunda-feira (15), com divulgação assim que for concluído.

A Secretaria de Saúde de Viana também informou que a segunda dose será destinada às pessoas presentes na primeira fase da Campanha de Imunização — idosos e deficientes institucionalizados, funcionários das casas de acolhimento e profissionais da saúde que já receberam a primeira dose da vacina CoronaVac. Ao todo, 640 doses foram disponibilizadas para imunização deste público, segundo a prefeitura.

A Secretaria de Saúde de Viana disse ainda que a segunda dose será aplicada da mesma maneira que a primeira. Ou seja, idosos e deficientes institucionalizados e funcionários das casas de acolhimento nos institutos e os profissionais de saúde nos locais de trabalho.

Já a Secretaria de Saúde da Serra informou que já imunizou 9.575 pessoas e que iniciará a vacinação da segunda dose a partir da próxima segunda-feira (22).

Últimas