Folha Vitória Municípios decidem na próxima semana como será retorno das aulas presenciais

Municípios decidem na próxima semana como será retorno das aulas presenciais

As atividades presenciais nas escolas estavam suspensas desde o dia 17 de março, como forma de prevenir a transmissão da covid-19

Folha Vitória
Foto: Divulgação
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

O governo do Espírito Santo anunciou, nesta sexta-feira (25), a autorização para retomada das aulas presenciais nos municípios classificados como risco baixo a partir de outubro. Entretanto, o retorno dos estudantes de Ensino Fundamental I e II das escolas municipais ainda depende de avaliação dos gestores. Na Grande Vitória, a decisão só deve ser tomada na próxima semana. 

A liberação do retorno à sala de aula foi divulgado pelo governador Renato Casagrande. Na Educação Infantil, Ensino Fundamental I e II e do Ensino Médio, as instituições particulares podem retomar as atividades presenciais a partir do dia 05 de outubro. Já nas escolas estaduais e municipais, a retomada ocorrerá a partir do dia 13. As atividades presenciais nas escolas estavam suspensas desde o dia 17 de março, como forma de prevenir a disseminação do novo coronavírus. 

>> Leia também: Sinepe diz que maioria das escolas está pronta para voltar e que primeiro momento será de acolhimento

Mesmo com a liberação, as prefeituras e secretárias de Educação ainda precisam analisar a situação das unidades administradas pelo município. A prefeitura de Vila Velha informou que, por meio da Secretaria Municipal de Educação, irá dialogar com diretores, pais, professores, conselhos e entidades ligadas a comunidade escolar para avaliar a melhor e mais segura decisão a ser tomada. 

Na Serra não será diferente! O cenário epidemiológico será avaliado para que retorno dos estudantes e profissionais das unidades de ensino seja feito de forma segura. A decisão sobre a volta será tomada em diálogo com a comunidade e com a União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime).

A Secretaria de Educação do município (Sedu) já elaborou um protocolo de volta às aulas com a disponibilização de álcool em gel em todas as salas, uso obrigatório de máscara de proteção, limpeza e desinfeção de todos os espaços de trabalho. 

Em Cariacica, a decisão sobre a retomada também está em discussão. O município informou que, independentemente de quando ocorrer, todas as medidas sanitárias como compra de equipamentos de proteção Individual (EPI's), material de limpeza e reforço das equipes de limpeza das escolas estão sendo realizadas.

A prefeitura garantiu que, quando ocorrer, o retorno será de forma gradual, com intervalos de 15 dias entre uma etapa e outra, iniciando pelos alunos da Educação de Jovens e Adultos (EJA) e terminando com a Educação Infantil.

A Secretaria Municipal de Educação (Seme) esclareceu ainda que o Conselho Municipal de Educação já validou o calendário e as aulas remotas no município, e que o período letivo passou a ser bianual, ou seja, a consolidação dos conteúdos curriculares se dará até o final de 2021. 

Ainda este ano será disponibilizado internet para todos alunos e professores. Vídeoaulas também são oferecidas via TV aberta, visando o aperfeiçoando do Ensino Remoto de 2020 e a preparação do Ensino Híbrido de 2021, que mescla aprendizado online com o off-line. 

As secretarias de Educação de Vitória e Viana ainda não se pronunciaram sobre a retomada das aulas. O espaço para o posicionamento está aberto. 

Últimas