Folha Vitória "Não achem que é uma 'gripezinha'", afirma capixaba que perdeu tia e primo para a covid-19

"Não achem que é uma 'gripezinha'", afirma capixaba que perdeu tia e primo para a covid-19

Carla Capucho falou sobre a dor de perder dois familiares para a doença

Folha Vitória
Foto: Reprodução/Arquivo Pessoal
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Gleisson Capucho, de 45 anos, e Regina Capucho, de 69 anos. Tia e primo. Duas vítimas do novo coronavírus e mais uma família capixaba de luto por conta da doença.

Moradora de Nova Venécia, região Norte do estado, Regina começou a sentir os primeiros sintomas da covid-19 no final do mês junho. Preocupados com os sintomas, os familiares a levaram para o hospital. O primeiro teste deu negativo, mas ela não melhorou com o passar dos dias. Um novo exame foi realizado, que apontou a presença do vírus.

Após dias lutando contra a doença, dona Regina não resistiu e morreu. No entanto, o drama da família Capucho não terminou. Enquanto a tia estava internado, o primo Gleisson também se contaminou com o vírus, ficou internado em um hospital de São Mateus, mas faleceu.

A sobrinha de Regina, Carla Capucho, falou sobre a dor de perder dois familiares para a doença. "Não achem que é uma 'gripezinha' (sic), que você não vai pegar. Eu tive duas mortes na minha família por conta do vírus e só sabe a dor quem passar por ela", disse.

Com informações do repórter Matheus Brum, da TV Vitória/Record TV.

Últimas