Folha Vitória No Dia do Cooperativismo, rede reforça princípios com apoio às comunidades

No Dia do Cooperativismo, rede reforça princípios com apoio às comunidades

Neste sábado (2 de julho), será comemorada a 100ª edição do Dia Internacional do Cooperativismo e para marcar a data, rede de varejo Coop faz balanço de suas ações em prol das comunidades onde atua, transformando vidas e ajudando pessoas que vivem em situação de vulnerabilidade social.

Folha Vitória
Foto: Divulgação/DINO
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Neste sábado (2 de julho), será comemorada a 100ª edição do Dia Internacional do Cooperativismo, que neste ano traz o tema Cooperativas Constroem um Mundo Melhor, slogan definido pela Aliança Cooperativa Internacional (ACI).

Instituído pelas Nações Unidas, o Dia Internacional do Cooperativismo tem o propósito de reforçar a essência da cooperação e união que norteia esse movimento econômico e social presente em mais de 100 países. Aqui, no Brasil, a data vem sendo reconhecida desde 2009 como o Dia de Cooperar ou, simplesmente, Dia C, momento em que as cooperativas brasileiras dão visibilidade às ações desenvolvidas às comunidades que colaboram para uma sociedade mais justa e igualitária.

E esse é o caso da Coop, que em seus 68 anos de história, sempre levou a sério o princípio cooperativista de promover o desenvolvimento das comunidades onde possui unidades. Tanto que, desde 1963, concede ao cooperado titular e dependentes o Auxílio-Funeral, benefício estabelecido atualmente no valor de R$ 1.000 e que atendeu 2.744 famílias no ano passado. A partir da virada do milênio, sua responsabilidade social foi ampliada para outros projetos estruturados e contínuos, que hoje estão concentrados na plataforma de Sustentabilidade Cooperar Faz Bem.

Um dos primeiros foi o Programa de Apoio às Entidades, lançado em 2002, que oferece suporte financeiro para projetos de instituições do Grande ABC e interior de São Paulo que atendem à população em situação de vulnerabilidade social. Até agora, 321 projetos já foram beneficiados com recursos de mais de R$ 5 milhões, dinheiro doado pelos cooperados anualmente durante a Assembleia Geral Ordinária. O aporte para este ano é de R$ 600 mil.

Em 2021, uma das contempladas foi a Chácara das Flores, de Mauá, que dá acolhimento, no contraturno escolar, às crianças e jovens da periferia para que eles possam construir um futuro promissor. Entre tantos que passaram por lá, está Ester Amancio Carvalho, de 18 anos, 14 deles vivenciados como assistida da instituição. Ela frequentou as oficinas de dança, contação de histórias, teatro, judô e taekwondo e hoje é uma das educadoras da entidade na prática de taekwondo aos novos assistidos que chegam.

“Essa experiência transformou minha vida, até porque o mais valioso aprendizado que tive foi em valores morais, que fizeram de mim uma pessoa do bem”, resume a garota, que hoje está na faculdade de Design Gráfico e já pensa numa segunda formação, em Educação Física.

 Qualidade de vida

Lançado em 2008, o Programa de Qualidade de Vida oferece atividade física para 800 pessoas no estacionamento de 18 lojas do supermercado Coop no Grande ABC. As aulas são supervisionadas por educadores físicos e acontecem duas vezes por semana.

Outro projeto bem-sucedido é a Blitz da Saúde. Seguindo um calendário mensal, uma equipe reveza pelas unidades do supermercado e drogarias Coop, prestando atendimento gratuito à comunidade local com teste de glicemia, aferição da pressão arterial e medição do Índice de Massa Corporal (IMC). Em 2021, foram 297 visitas e 24.614 pessoas impactadas.

Apoio à comunidade

Desde agosto de 2010, cooperados e clientes já destinaram R$ 5,6 milhões para 15 unidades da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE), dinheiro que resultou na melhoria da qualidade de vida de mais de 6 mil assistidos com deficiência intelectual. É um mérito de todos aqueles que compraram um exemplar da Revista Coop ou doaram pequenas moedas ao programa Troco do Bem até março deste ano. Parte do dinheiro da venda da publicação e toda a arrecadação do Troco do Bem são repassadas à Federação das Associações de Pais e Amigos dos Excepcionais do Estado de São Paulo (Feapaes).

Doação de alimentos também está na pauta da Coop. Todo alimento perecível, ainda próprio para o consumo, porém, inadequado ao padrão de exposição nas gôndolas, é coletado pelos programas Banco de Alimentos, Mesa Brasil e a Infineat para virar refeição às famílias em risco de vulnerabilidade social. A qualidade de todo o volume doado pela Coop é analisada por profissionais dos parceiros para garantir a segurança alimentar. Nos primeiros quatro meses deste ano, já foram doadas 222 toneladas de alimentos.

“Para celebrar o Dia Internacional do Cooperativismo, a Coop realizará a Blitz da Saúde em duas unidades de São Bernardo, além de veicular em suas redes sociais um vídeo com depoimento de pessoas assistidas que tiveram suas vidas transformadas graças ao trabalho social que realizamos nas comunidades onde estamos inseridos”, declara Camila Tobias, analista de responsabilidade social.

As unidades contempladas neste sábado com a Blitz da Saúde estão localizadas na Rua Joaquim Nabuco, 277 (com atendimento das 9 às 12 horas); e na Rua dos Vianas, 1.631 – no horário das 14 às 17 horas.

Atualmente, a Coop possui mais de 900 mil cooperados ativos, 31 lojas de supermercado, sendo 23 no Grande ABC, uma em Piracicaba, três em São José dos Campos, duas em Sorocaba e duas em Tatuí, três postos de combustíveis e 81 drogarias em operação. Por ser uma cooperativa, seu principal objetivo é oferecer os melhores serviços a preços justos, além de reverter benefícios aos cooperados e à comunidade.

Site: https://www.portalcoop.com.br

Últimas