Nova plataforma vai permitir renegociação de dívidas bancárias pela internet

As renegociações poderão ser feitas até o dia 30 de setembro com as empresas participantes

Foto: Reprodução/Secom
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Consumidores capixabas poderão renegociar dívidas bancárias por meio de um aplicativo lançado nesta terça-feira (17) pelo Governo do Estado. O intuito da ferramenta é auxiliar na busca por soluções para recuperar o crédito.

As renegociações poderão ser feitas até o dia 30 de setembro com as empresas participantes. O consumidor que possuir uma dívida com o Banco do Brasil, o Santander, o Bradesco, a Caixa Econômica Federal, o Itaú e o BMG poderá negociá-la diretamente com as empresas, via portal, com condições especiais.

Para negociar, o consumidor deverá acessar a plataforma e fazer o cadastro, que irá gerar um login e senha. Ao registrar a demanda, no campo "problema", a pessoa deverá optar por "Renegociação/parcelamento de dívidas", e no corpo do relato fazer uso da hastag #MutirãoProconsBrasil para facilitar a identificação dos atendimentos.

De acordo com nota publicada no site do governo, a diretora-presidente do Procon-ES, Lana Lages, informou que o órgão vai monitorar as negociações de dívidas realizadas pela plataforma durante o Mutirão de Renegociação de Dívidas Bancárias, promovido pela Associação Brasileira de Procons (ProconsBrasil).