Folha Vitória Nove mil celulares roubados ou furtados já foram bloqueados este ano no ES, segundo Anatel

Nove mil celulares roubados ou furtados já foram bloqueados este ano no ES, segundo Anatel

Apesar do grande número de bloqueios, houve uma redução na quantidade em relação ao mesmo período do ano passado

Folha Vitória
Foto: Reprodução/Pexels
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Só neste ano, a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) registrou o bloqueio de 9 mil aparelhos celulares que foram furtados ou roubados no Espírito Santo.

Apesar do grande número de bloqueios, houve uma redução na quantidade em relação ao mesmo período do ano passado. "Em 2020, tivemos aproximadamente nove mil celulares bloqueados. No mesmo período em 2019, foram 12.500, ou seja, uma redução de 2.500 aparelhos", disse o coordenador de regulamentação da Anatel, Rafael Reis.

Assim que o celular é bloqueado, o aparelho não pode ser mais usado dentro do país. Geralmente, o bloqueio é solicitado por três motivos: roubo, furto e perda do aparelho. Atualmente, os dados referentes a essas situações constam em um sistema supervisionado pela Anatel e as informações podem ser acessadas pela polícia, auxiliando em investigações.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (Sesp), de janeiro a junho deste ano, quase mil ônibus foram assaltados na região metropolitana. Os passageiros se tornam vítimas e os celulares são visados na maior parte das ações.

As delegacias do Espírito Santo integram o cadastro nacional de estações móveis impedidas, por conta disso, vítimas de furto ou roubos podem solicitar o bloqueio do aparelho nesses locais ao realizar o boletim de ocorrência. "O consumidor consegue realizar o bloqueio sem ter o MEI, ele só precisa informar o número do telefone. Isso não era possível há um tempo atrás", informou Reis.

Com informações da repórter Suellen Araújo, da TV Vitória/Record TV.

Últimas