Folha Vitória Novo laser faz depilação em vários tons de pele e retira até pelo fino

Novo laser faz depilação em vários tons de pele e retira até pelo fino

Áreas delicadas e com a pele mais sensível, como as das narinas e orelhas também já podem ser depiladas de maneira definitiva.

Folha Vitória
Foto: Fotos Públicas
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

A indústria não para de investir no mercado da beleza. A depilação definitiva a laser, que antes era artigo de luxo para as pessoas com tons de pele mais claros hoje já pode ser realizada em morenas e negras com toda a segurança.

Outra novidade é que os pelos claros e finos também já conseguem ser eliminados com os novos aparelhos. De acordo com a fisioterapeuta dermato funcional, Luciana Turino, as novas máquinas possuem como principal diferencial uma ponteira que emite a energia de maneira mais direcionada, que aumenta a precisão e a segurança do procedimento, proporcionando resultados bem interessantes e eliminando pelinhos finos e claros como os do buço, por exemplo.

“Durante muito tempo a depilação a laser foi contraindicada para pessoas bronzeadas, negras ou com pelo muito fino. Arriscar-se não era uma opção, pois o resultado poderia ser queimaduras, nos dois primeiros casos, ou pouco resultado na remoção dos fios, no último”, disse. "Essas novas máquinas de ponteira tripla distribuem a energia de forma tão assertiva, que estamos alcançando excelentes resultados em pelos claros e até mesmo em penugens, e esse já foi um grande desafio no passado", completou.

Áreas delicadas e com a pele mais sensível, como as das narinas e orelhas também já podem ser depiladas de maneira definitiva. Antes essas áreas, assim como as peles mais escuras, sofriam com o risco de queimaduras indesejadas.

“O fato da energia ser distribuída de maneira assertiva também é responsável por diminuir a dor, pois nesses novos aparelhos o feixe de luz é absorvido pela melanina do folículo capilar, elevando a temperatura e causando sua destruição. No método tradicional, parte do raio é absorvida pela pele, provocando o seu aquecimento e aumentando os riscos de queimaduras”, disse Luciana.

O protocolo para um bom resultado na depilação definitiva é definido em pelo menos 6 sessões em cada área, antes era necessário pelo menos 10 sessões. A preparação para passar pelo procedimento é a mesma, ou seja, raspar a parte que será depilada dois dias antes, não usar ácidos no local e nem estar com a pele queimada de sol. 

Últimas