Folha Vitória 'O que está acontecendo?', diz comerciante prejudicada por instabilidade de redes sociais

'O que está acontecendo?', diz comerciante prejudicada por instabilidade de redes sociais

Plataformas ficaram mais de seis horas fora do ar e causaram prejuízos para comerciantes

Folha Vitória
Foto: Foto: Julio Cesar Lopes
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Vendedores ambulantes, comerciantes e prestadores de serviços tiveram as vendas prejudicadas, nesta segunda-feira (04, por conta da queda do WhatsApp, Instagram e Facebook.

Por volta de 11h40, usuários do mundo inteiro começaram a relatar dificuldade com as redes sociais. As ferramentas, todas comandadas por Mark Zuckerberg, começaram a retornar após mais de seis horas sem funcionar

A instabilidade das plataformas causou problemas para diversos setores da economia. A vendedora ambulante Clauzira Monteiro, que trabalha no Centro de Vitória, teve prejuízos.

"Com certeza fui afetada. Muitos clientes não tem como saber que eu vim trabalhar hoje. Geralmente, uso uma lista de transmissão do Whatsapp para informar. Alguns produtos não foram vendidos por não conseguirem reservar pedidos comigo", disse Clauzira, conhecida na região como Tia Zizi. 

Segundo a vendedora de roupas Fátima Soares, o Whatsapp é fundamental para que ela consiga vendar seus produtos e ficou na expectativa pelo retorno da ferramenta. 

"Tá tudo parado desde às 11h da manhã. A gente usa o aplicativo para mandar as fotos para as clientes e também fazer reservas de mercadorias. Sempre quando postamos fotos nas redes, a gente recebe várias mensagens das clientes interessadas nas roupas," contou. 

Fa´tima disse que a queda da plataforma de mensagens, também dificultou a comunicação dela com o filho. 

"É complicado, sem vendas, a gente fica sem comissão. Ela (outra vendedora da loja) ainda conseguiu uma venda para hoje. Eu, nenhuma. O que está acontecendo? Também não consegui falar com meu filho o dia todo", finalizou a comerciante. 

A dona de uma loja especializada em acessórios para celular Elizane Gomes também contou como foi prejudicada pela instabilidade. 

"Horrível. Enquanto eu estava conversando com uma cliente para indicar o local da loja, o aplicativo caiu e não voltou mais. Todo dia alguém usa o Instagram para se informar sobre como funcionamos e hoje não teve como," relatou a comerciante. 

O taxista Walter Santos, que atende na região do Centro de Vitória, destacou a dificuldade de conseguir atender seus clientes sem as ferramentas. 

"Eu sempre uso o Whatsapp para buscar meus clientes. Eles entram em contato comigo por mensagem e depois me passam a localização por lá também. Hoje, quase não tive corridas por causa disso (a queda das redes)", disse o taxista. 

Ainda não se sabe o que causou a queda das plataformas. 

Leia também:

>> WhatsApp, Facebook e Instagram passam por instabilidade nesta segunda-feira e saem do ar

>> Caiu aí também? Usuários relatam instabilidade no Telegram após queda de outras redes sociais

>> WhatsApp caiu? Veja outros aplicativos de mensagens gratuitos

Últimas