Folha Vitória OAB-ES e SEJUS firmam convênio que possibilitará emprego e renda para presos em regime semiaberto

OAB-ES e SEJUS firmam convênio que possibilitará emprego e renda para presos em regime semiaberto

O principal objetivo é a ressocialização dos detentos, de modo a torná-los aptos às atividades sócio produtivas

Folha Vitória
Foto: Reprodução / OAB-ES
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

A Ordem dos Advogados do Brasil - Seccional Espírito Santo (OAB-ES) e a Secretaria de Estado da Justiça (Sejus-ES) firmaram um convênio de cooperação mútua que vai possibilitar a absorção de mão de obra dos presos em cumprimento de pena em regime semiaberto do Sistema Penitenciário Capixaba.

O principal objetivo é a ressocialização dos detentos, de modo a torná-los aptos às atividades sócio produtivas. A iniciativa também pretende dotá-los de responsabilidades econômicas, éticas e sociais, minimizando os efeitos do encarceramento e reduzindo a reincidência criminal no Estado, o que possibilitará, ainda, a remição de pena, por intermédio das atividades laborativas descritas no plano de trabalho.

“Estamos felizes em realizar esse convênio com a Sejus. O objetivo da Ordem é contribuir com a sociedade e com a formação da cidadania, através da ressocialização, aproveitando o potencial de trabalho existente nas unidades prisionais, de forma a eliminar o problema da ociosidade, incentivando a capacitação dos reeducandos, de forma a torná-los produtivos durante o cumprimento das penas. É nosso dever social dar a cada um deles a dignidade conquistada através do próprio trabalho”, disse o presidente da OAB-ES, José Carlos Rizk Filho.

Últimas