Folha Vitória Oficina de Vila Velha é arrombada duas vezes neste ano; prejuízo chega a R$ 20 mil

Oficina de Vila Velha é arrombada duas vezes neste ano; prejuízo chega a R$ 20 mil

Além da oficina, outros comércios da região também foram alvo de criminosos; até mesmo o padrão de energia e o relógio de água foram saqueados na rua

Folha Vitória
Foto: Reprodução / TV Vitória
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

O ano de 2021 acabou de começar, mas mesmo com um ano novo, os problemas continuam os mesmos. A insegurança e a criminalidade ainda assolam boa parte da população capixaba causando grandes prejuízos. Um desses casos aconteceu com Marcos Antônio Barbosa que é proprietário de uma oficina no bairro Itapoã, em Vila Velha. Ele teve o estabelecimento arrombado duas vezes só neste ano.

O primeiro roubo aconteceu nos primeiros dias do ano e os criminosos levaram tudo de dentro do galpão. Na época, os criminosos entraram pelos fundos da oficina e pularam o muro. No local levaram tudo o que viram pela frente desde ferramentas a fios causando um grande prejuízo para os proprietários. No caso mais recente, os criminosos acessaram a loja pela porta da frente após arrombarem os cadeados. Desta vez, além das ferramentas, eles levaram até peças de carro de alguns clientes.

"Ainda tem muita coisa que não demos falta ainda, se for colocar no papel dá um prejuízo de mais de R$ 20 mil", explicou o proprietário.

Porém, a oficina deste comerciante não foi o único alvo da criminalidade da região. Tudo aconteceu na rua Antônio Fantini, uma local conhecido pelos diversos registros de furtos e roubos, inclusive um padrão de energia da rua um registro de água também já foram furtados. Os comerciantes da região não aguenta mais trabalhar apenas para pagar prejuízos.

"Eu estou pagando dois carros agora porque eu fui saqueado, porque roubaram motor, roubaram radiador, roubaram bateria e tudo o que você imaginar. Já entraram várias vezes no meu comércio, já roubaram televisão, já roubaram peças, meu padrão de energia, meu padrão de água", desabafou um outro comerciante da região que preferiu não se identificar.

A respeito dos constantes casos de roubos e furtos na região de Itapoã, a Polícia Civil informou que até o momento nenhum suspeito foi detido.

* Com informações da repórter Bianca Vailant, da TV Vitória/Record TV.

Últimas