Folha Vitória Operação contra rede de pedofilia identifica três suspeitos no Espírito Santo

Operação contra rede de pedofilia identifica três suspeitos no Espírito Santo

Operação foi deflagrada para o cumprimento dos 68 mandados de busca e apreensão em diversos estados

Folha Vitória
Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Uma operação realizada pela Delegacia da Criança e do Adolescente Vítima (DCAV), do Rio de Janeiro, identificou três suspeitos no Espírito Santo de participação em uma rede de pedofilia, que inclui outros 65 suspeitos de diversos estados brasileiros. A Operação Lótus é investigada há quase um ano.

Nesta terça-feira (18), a operação foi deflagrada para o cumprimento dos 68 mandados de busca e apreensão. Em uma das maiores investigações contra a pedofilia, foram identificadas, na rede mundial de computadores, diversos grupos que trocavam fotos e vídeos com imagens de crianças, com meses de idade, até adolescentes, com idades variadas, praticando ativamente ou passivas cenas de sexo explícito ou de cunho pornográfico.

Segundo informações da Polícia Civil do Rio de Janeiro, levando em consideração o número de subnotificacões e o silêncio das vítimas, por várias questões, este número pode ser bem maior e, em decorrência da pandemia, já há indicadores que estes números estão em uma curva crescente.

Os números de alvos identificados, por estados, no decorrer da "Operação Lótus":

Bahia: 05
Ceará:  03
Distrito Federal: 01
Espírito Santo: 03
Goiás: 05
Maranhão: 01
Minas Gerais: 06
Mato Grosso: 02
Pará: 04
Pernambuco: 02
Piauí:  01
Paraná: 01
Rio de Janeiro: 09
Rio Grande do Norte: 01
Rondônia: 01
Rio Grande do Sul: 06
Santa Catarina: 01
Sergipe: 01
São Paulo: 15

Últimas