Folha Vitória Operação Elétron: mais um empresário é preso em Vitória por tentar atrapalhar investigações

Operação Elétron: mais um empresário é preso em Vitória por tentar atrapalhar investigações

A operação consiste na apreensão de fios irregulares que estavam sendo vendidos em 10 lojas da Grande Vitória

Folha Vitória
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Um empresário da Praia do Canto, em Vitória, foi preso nesta segunda-feira (7) na última fase da Operação Elétron por tentativa de atrapalhar as investigações. Em novembro do ano passado, outro empresário já havia sido preso pelo mesmo motivo.

A operação consiste na apreensão de fios irregulares que estavam sendo vendidos em 10 lojas da Grande Vitória, e é realizada pela Polícia Civil com apoio da Comissão de Defesa do Consumidor da Assembleia Legislativa do Estado e o Instituto de Pesos e Medidas do Estado do Espírito Santo (IPEM-ES).

Um comerciante de Cariacica, que continuava a comercializar fiação da marca Luzzano, também foi preso nesta segunda (7). Foi realizada uma força-tarefa para identificar os locais em que há instalações elétricas com fios Luzzano. Os fios são capazes de causar o superaquecimento da rede de energia, curto circuitos e até mesmo incêndios.

A ação aconteceu em conjunto com a Comissão de Defesa do Consumidor da Assembleia Legislativa, presidida pelo deputado Vandinho Leite, e o Instituto de Pesos e Medidas do Estado do Espírito Santo (IPEM).

Nessa fase, foram feitas, inicialmente, coletas e análises de material em quatro condomínios, sendo três em Vila Velha e um na Serra. Todas as amostras analisadas estavam em desacordo com as normas técnicas, segundo laudos do Ipem.

A fiação pode estar aumentando o consumo de energia e colocando a vida dos moradores dos apartamentos em risco. Outras informações serão passadas durante coletiva de imprensa nesta segunda-feira (7).

Operação Elétron

Na segunda fase da operação, realizada em agosto, dez empresas que revendiam os produtos irregulares foram alvos da investigação. Cerca de 40 mil metros de fios foram apreendidos em lojas espalhadas por Vitória, Vila Velha, Serra e Cariacica.

Em outubro, durante a terceira fase da operação, mandados de busca e apreensão foram cumpridos no escritório de uma empresa investigada por fabricar e comercializar fios elétricos em desacordo com as normas vigentes e na residência do dono. Segundo as investigações, o material irregular foi usado em quase 20 unidades de saúde e em creches da Grande Vitória.

LEIA TAMBÉM:

>> Fios elétricos irregulares foram usados em postos de saúde e até em creches na Grande Vitória

>> Operação em 10 empresas apreende fios elétricos irregulares usados até por prefeitura

>> Fios de alumínio revestidos de cobre foram utilizados em creche de Vila Velha

Últimas