Folha Vitória Pacientes de Manaus infectados com a covid-19 chegarão ao ES nesta quinta-feira

Pacientes de Manaus infectados com a covid-19 chegarão ao ES nesta quinta-feira

Segundo a assessoria de imprensa do Aeroporto de Vitória, dois voos da capital amazonense estão previstos para aterrissar em solo capixaba nas próximas horas

Folha Vitória
Foto: Divulgação
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Os primeiros pacientes de Manaus infectados com o novo coronavírus e que serão transferidos para Unidades de Terapia Intensiva (UTI's) no Espírito Santo devem chegar ao estado entre esta quinta (21) e sexta-feira (22). De acordo com a assessoria de imprensa do Aeroporto de Vitória, dois voos oriundos da capital amazonense estão previstos para aterrissar em solo capixaba nas próximas horas e, em ambos, estarão pacientes com covid-19.

O primeiro pouso está previsto para as 21 horas e o segundo, já para a madrugada de sexta-feira. Entretanto, segundo a assessoria de imprensa do aeroporto, os horários dos voos podem sofrer alteração, podendo ser antecipados ou atrasados. Os pacientes e as equipes médicas serão escoltados, do aeroporto até os hospitais, por viaturas da Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Já a Força Aérea Brasileira (FAB) informou que uma aeronave C-99 transportando 18 pacientes, acompanhados de profissionais de saúde, decolou de Manaus às 14h15 (horário local) desta quinta-feira e tem previsão de chegar a Vitória por volta das 20h15 (horário de Brasília).

Crise no sistema de saúde

Nos últimos dias, o Amazonas vem sofrendo com a lotação dos seus hospitais, em função do aumento expressivo de casos do novo coronavírus, e com a falta de oxigênio para os pacientes. Uma alternativa encontrada foi a transferência de pessoas infectadas com a covid-19 para outros estados.

Há exatamente uma semana, o governador Renato Casagrande anunciou que o Espírito Santo havia disponibilizado 30 leitos de UTI para atender esses pacientes do Amazonas que não conseguissem vagas em unidades de terapia intensiva em seu estado de origem. 

Segundo o governador, o Estado tem condições de comportar esses pacientes. Atualmente, de acordo com dados da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), 77,34% do total de leitos de UTI exclusivos para covid-19 estão ocupados no Espírito Santo.

Sem riscos

Durante coletiva de imprensa realizada na última sexta-feira (15), o secretário estadual de Saúde, Nésio Fernandes, e o subsecretário de Vigilância em Saúde, Luiz Carlos Reblin, disseram que a transferência de pacientes de Manaus para o Espírito Santo representa poucos riscos para que novas variações do vírus comecem a circular em território capixaba.

Segundo eles, a transmissão do vírus dificilmente ocorreria dentro do ambiente hospitalar, uma vez que os profissionais estão devidamente paramentados, justamente para evitar essa contaminação. Especialistas acreditam que novas cepas do coronavírus em circulação no Amazonas contribuíram decisivamente para a explosão de casos da doença no estado do norte do país.

Últimas