Folha Vitória Padaria é assaltada um dia antes da inauguração em Vitória

Padaria é assaltada um dia antes da inauguração em Vitória

O crime aconteceu no momento em que amigos e familiares dos donos do local estavam ajudando na organização e limpeza do novo estabelecimento

Folha Vitória
Foto: Reprodução / TV Vitória
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Um dia antes de inaugurar, uma padaria do bairro Santa Cecília, em Vitória, se tornou vítima da violência. Bandidos invadiram o lugar, levaram notebook, carro e sete celulares.

Segundo informações da polícia, o crime aconteceu por volta das 19h30 da terça-feira (24). Um dos proprietários do estabelecimento contou que a família dele já trabalha a muitos anos no ramo da panificação e há algum tempo ele decidiu abrir o próprio negócio em parceria com um amigo, que se tornou sócio.

A inauguração do novo estabelecimento estava agendada para esta quarta-feira (25). A data era muito aguardada pelos donos e pelos funcionários, mas a alegria de abrir o próprio negócio deu lugar ao medo e à insegurança.

Crime aconteceu durante a organização do novo espaço

De acordo com as vítimas, sete pessoas estavam no local. Entre parentes e funcionários, todos ajudavam a arrumar o espaço e colocar as mercadorias no lugar.

No meio da agitação e da preparação, dois homens armados invadiram a padaria com armas em punho e anunciando um assalto.

As vítimas relataram que, além dos dois criminosos que invadiram a padaria, um outro homem ficou na calçada dando cobertura para a ação e um outro comparsa ficou escondido dentro de um veículo, mais afastado.

Criminosos estavam agressivos durante o roubo

As vítimas relataram que os criminosos estavam agressivos e queriam celulares e objetos de valor. Ao todo, os criminosos roubaram sete celulares, um notebook da padaria e o carro de um dos donos. A polícia afirma que eles fugiram no veículo roubado.

Porém, o carro tem rastreador. No mesmo dia do crime a polícia conseguiu recuperar o veículo no Bairro da Penha, em Vitória.

Para os proprietários do local, o sentimento é de revolta por não conseguirem abrir o estabelecimento, por perderem todos os celulares e por não ter tranquilidade e segurança na hora de abrir um negócio.

No bairro, eles tentam encontrar imagens de vídeo que possam ajudar a policia a identificar os suspeitos.

A Polícia Civil informou que ninguém foi preso e orienta que as vítimas registrem a ocorrência para que o caso seja investigado.

* Com informações da repórter Marla Bermudes, da TV Vitória/Record TV

Últimas