Folha Vitória Pai de Kauã é mantido em penitenciária de Linhares; defesa diz que prisão é ilegal

Pai de Kauã é mantido em penitenciária de Linhares; defesa diz que prisão é ilegal

Rainy Butkovsky foi detido logo após a quinta audiência sobre o processo que apura a morte do filho dele e de Joaquim Salles Alves, na terça-feira

Rainy Butkovsky foi detido logo após a quinta audiência sobre o processo que apura a morte do filho dele e de Joaquim Salles Alves, na terça-feira

Foto: TV Vitória
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

O empresário Rainy Butkovsky, pai do menino Kauã Butkovsky, continua preso na Penitenciária Regional de Linhares, no norte do Estado. A informação foi confirmada pela Secretaria de Estado da Justiça (Sejus).

Rainy foi detido na porta do Fórum Desembragador Mendes Wanderley, no mesmo município, na tarde desta terça-feira (19), logo após a quinta audiência sobre o processo que apura a morte do filho dele e de Joaquim Salles Alves, irmão de Kauã.

Ele teria discutido com o juiz Carlos Abad, da 2ª Vara da Infância e da Juventude do município, que, em seguida, deu voz de prisão contra o empresário. Segundo o advogado de Rainy, Siderson Vitorino, o magistrado entendeu que houve desacato.

Na manhã desta quinta-feira, o advogado afirmou que entraria com um pedido de relaxamento da prisão de Rainy por considerá-la ilegal. A reportagem do Folha Vitória tentou contato com Siderson Vitorino, na tarde desta quarta-feira, mas não conseguiu.