Folha Vitória Passageira passa mal após ar-condicionado de avião dar defeito no Aeroporto de Vitória

Passageira passa mal após ar-condicionado de avião dar defeito no Aeroporto de Vitória

O voo da Gol estava previsto para sair da capital capixaba às 18h55, mas acabou atrasando por causa do problema. Passageiros ficaram revoltados com a situação

Folha Vitória
Foto: Vinícius Rossoni
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Um voo da Gol que saiu do Aeroporto de Vitória, na noite desta quarta-feira (24), com destino ao Aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, registrou atraso na decolagem após apresentar problemas no sistema de ar-condicionado. Uma passageira chegou a passar mal e teve de ser socorrida no corredor da aeronave.

O empresário Vinícius Rossoni estava no voo e registrou fotos e vídeos da confusão que se estabeleceu dentro do avião antes da decolagem, com os passageiros reclamando bastante da situação.

Um dos vídeos mostra uma mulher sendo atendida por outros passageiros e, depois, por socorristas que foram acionados para atender a ocorrência.

Segundo Rossoni, o comandante do voo chegou a anunciar, no alto-falante, que o ar-condicionado não estava com problemas por causa de uma falha em uma das turbinas e que, por isso, o sistema de refrigeração não funcionaria enquanto a aeronave permanecesse em solo.

Em um dos vídeos gravados dentro do avião, é possível ouvir o comandante dizendo aos passageiros que quem não se sentisse confortável para seguir viagem, poderia desembarcar da aeronave.

O empresário relatou ainda que o avião chegou a se preparar para levantar voo, mas que, devido às reclamações dos passageiros e da mulher que se sentiu mal, a aeronave retornou para seu ponto de partida.

O voo estava previsto para sair do Aeroporto de Vitória às 18h55. No entanto, por causa do imprevisto, teve um atraso de mais de uma hora e meia.

A reportagem do jornal online Folha Vitória entrou em contato com a Gol cobrando um posicionamento da companhia aérea com relação ao problema, mas ainda não houve retorno. Assim que a empresa se posicionar sobre o ocorrido, a matéria será atualizada.

Últimas