Folha Vitória Patrimônio Ferroviário de Domingos Martins abandonado

Patrimônio Ferroviário de Domingos Martins abandonado

Comunidade faz abaixo-assinado pedindo às autoridades a restauração do Patrimônio Histórico Ferroviário

Folha Vitória
Foto: Sandra Cola
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Sandra Cola

O sítio ferroviário, reconhecido como Patrimônio Cultural Ferroviário, nos termos da Lei 11.483, de 31 de maio de 2007, está localizado no Vale da Estação, distrito de Santa Isabel, município de Domingos Martins. Esse reconhecimento, segundo o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), aplica-se exclusivamente aos bens oriundos do espólio da extinta Rede Ferroviária Federal S/A (RFFSA).

Por ser um bem operacional, a Estação Ferroviária Germânia está sob a responsabilidade do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), que atua em parceria com o Iphan visando à preservação desses bens.

O sítio histórico ferroviário de Domingos Martins é composto por uma estação ferroviária, uma caixa de água de ferro que alimentava a Maria Fumaça e uma casa de turma que abrigava os trabalhadores da linha férrea, da década de 1900. A localidade é a única ligação do município com a ferrovia e por onde chegavam e saiam as mercadorias que movimentavam o comércio municipal.

“Essa história não pode se perder no vazio, na negligência do poder público, no abandono de um passado que muito nos orgulha e que tanto benefício e riqueza que trouxe para o município”, diz Valéria Rusa Corradi, moradora do Vale e vizinha da Estação Germânia, idealizadora do abaixo-assinado que pede às autoridades o restauro deste Patrimônio Histórico Ferroviário de Domingos Martins.

Para a moradora, que reside há 30 anos diante da Estação é desolador e revoltante o descaso do governo público em relação ao Patrimônio, que se desintegra pelo abandono, pela infelicidade de pertencer a um município que ignora e despreza a história local. “Não tive a felicidade de conhecer esse sítio histórico nos seus tempos áureos e pelo visto corro sério risco de morrer sem vê-lo restaurado na íntegra. Assisti, sim, a trinta anos de negligências calhados por maquiagens com tintas de terceira, enfim, tudo que uma história não pode receber”, destaca Valéria.

Em 2019, o Iphan já dizia que “desde 2016, tem cobrado da Prefeitura de Domingos Martins, que utiliza o espaço, a realização de serviços para a preservação da edificação”. Em abril de 2021 a prefeitura retirou do prédio da Estação o serviço dos Correios e em 2019 retirou o serviço de saúde que atendia a comunidade. Hoje o imóvel está fechado.

Visita técnica

Uma equipe técnica do Iphan esteve no Vale da Estação, no dia 21 de junho, para uma visita de fiscalização ao Patrimônio Cultural Ferroviário de Domingos Martins. Como o prédio da Estação Germânia estava fechado, a equipe fez fotos externas dos imóveis.

Em 2018, a arquiteta da prefeitura de Domingos Martins, Fernanda Magnago, visitou o sítio histórico e disse que os imóveis são muito importantes para o estado. “Estive aqui em agosto de 2016, junto com uma arquiteta do Iphan, e descobrimos que só temos quatro patrimônios de ferrovias com valor igual ao do Vale da Estação. O local tem valor histórico muito importante para o Espírito Santo”, ressaltou Fernanda.

Últimas