Folha Vitória Peritos voltam ao prédio onde ocorreu incêndio na Praia do Canto

Peritos voltam ao prédio onde ocorreu incêndio na Praia do Canto

Uma criança de 4 anos morreu; as causas do acidente ainda estão sendo apuradas; a suspeita é de que um problema elétrico tenha causado o fogo no apartamento

Folha Vitória
Foto: Reprodução TV Vitória
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Peritos da Polícia Civil e do Corpo de Bombeiros voltaram ao Edifício Pintor Fanzeres, na Praia do Canto, em Vitória, na tarde desta terça-feira (20) para a realização de novas análises no apartamento onde aconteceu um incêndio na noite de segunda-feira (20).  As equipes entraram no prédio, rapidamente conversaram com pessoas no local e tiraram fotos.

Mais cedo, agentes da Defesa Civil e do Corpo de Bombeiros fizeram um estudo do trajeto das chamas. Segundo um capitão da corporação, provavelmente o incêndio estaria relacionado a um problema na parte elétrica da residência, e teria começado em um dos quartos e se alastrado rapidamente. 

As causas do incêndio ainda estão sendo apuradas. A perícia tem um prazo de 20 dias para ficar pronta. Os bombeiros também vão apurar porque uma mangueira de combate a incêndio no prédio não funcionou devidamente.

Dentro do apartamento

Foto: Reprodução
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Segundo a Defesa Civil, durante a vistoria, na manhã desta terça-feira (20), foi constatado que não houve danos à parte estrutural do edifício, porém o apartamento onde houve o  incêndio continuará interditado até que receba as reformas necessárias para a volta dos moradores. 

O restante do edifício foi liberado.

>> VÍDEO | Imagens mostram interior do edifício que pegou fogo na Praia do Canto

Incêndio

Foto: Reprodução
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

O incêndio no edifício, que fica localizado na Avenida Rio Branco, começou por volta das 20h, de segunda-feira (19), e os moradores chegaram a ficar presos no imóvel. Uma criança de 4 anos chegou a ser socorrida, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

Além do menino, uma outra criança, de 6 anos, também estava no imóvel junto com os pais, a avó e a babá. Dois adultos também foram socorridos no local, mas ainda não há informações sobre o estado de saúde deles.

O prédio tem seis andares, sendo 24 apartamentos no total. No local, tem moradores que estão há décadas, além de muitos idosos com dificuldade de locomoção.

>> VÍDEO | "Ele tentou me abraçar", diz bombeiro sobre resgate de criança durante incêndio

Últimas