Folha Vitória PM não irá nos locais de acidentes de trânsito sem vítimas na Grande Vitória a partir desta terça-feira

PM não irá nos locais de acidentes de trânsito sem vítimas na Grande Vitória a partir desta terça-feira

A mudança passa a valer a partir da meia-noite desta terça-feira (15) em Vitória, Vila Velha, Serra, Cariacica e Viana

Folha Vitória
Foto: Reprodução/ Polícia Militar
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Atenção, motoristas! A partir desta terça-feira (15) haverá mudanças no atendimento de ocorrências de acidentes de trânsito nos municípios da Grande Vitória. As equipes do Batalhão de Trânsito da Polícia Militar do Espírito Santo (BPTran) não irão mais atender ocorrências presencialmente no local do acidente caso não haja registro de pessoas feridas. 

A mudança passa a valer a partir da meia-noite desta terça-feira (15). Os motoristas envolvidos em acidentes ocorridos em Vitória, Vila Velha, Serra, Cariacica ou Viana deverão realizar o boletim de ocorrência de forma online pelo site da Polícia Militar ou do Detran, ou ainda nos postos de atendimento do Batalhão de Trânsito. 

Informações sobre a alteração foram publicadas no site do Detran|ES e leva em consideração a implantação do sistema online de Boletim de Acidentes de Trânsito para registro de ocorrências sem vítimas, que ocorreu em maio, em Vitória. O projeto-piloto realizado entre os dias 01 de maio e 14 de junho apresentou, segundo o BPTran, bom resultado.

A alteração não é valida para acidentes registrados nas rodovias federais que passam por essas regiões, pois essas vias são de competência da Polícia Rodoviária Federal.  

O diretor geral do Detran|ES, Givaldo Vieira, destacou que o novo Boletim, que será estendido no próximo mês para todos os municípios do Estado, é fruto de uma parceria com a Polícia Militar para melhorar a segurança pública e os serviços prestados aos capixabas.

“Estamos investindo fortemente em tecnologia, com a digitalização de serviços por meio do programa Detran 100% Digital, seguindo uma premissa do governador Renato Casagrande de lançar mão da inovação e tecnologia para melhorar o atendimento aos cidadãos. Junto a Polícia Militar, fizemos um projeto-piloto em Vitória, que foi exitoso, e a partir de agora conseguimos ampliar essa facilidade para outros municípios da Grande Vitória que também têm grande frota de veículos. Vale lembrar que o Boletim Eletrônico permitirá, em breve, que policiais militares que atuam nos procedimentos de trânsito em municípios sem batalhão específico possam se dedicar ainda mais às fiscalizações para prevenção de acidentes". 

Veja o passo a passo para realizar o boletim de ocorrência: 

Após o acidente, os condutores dos veículos devem providenciar a retirada dos automóveis da via pública. Caso não seja possível conduzir o veículo sem um guincho, o reboque deve ser solicitado pelo próprios motoristas. 

Os condutores são orientados a fotografar o veículo para registrar o boletim de ocorrência. Posteriormente, os envolvidos devem acessar o site do Detran-ES ou da Polícia Militar para dar início do processo do boletim de ocorrência online. Caso a pessoa não tenha cadastro no sistema, basta acessar o site acessocidadao.es.gov.br.

No sistema da PM ou do Detran-ES, as pessoas devem selecionar a página Boletim de Trânsito e fazer o login. Os condutores devem responder cinco perguntas sobre o acidente e, em seguida, deverão preencher informações sobre o veículo, sobre os condutores e detalhar o ocorrido. Após a finalização do processo, a vítima deve salvar ou imprimir o documento gerado.

O boletim de ocorrência pode ser realizado até três dias após o acidente. Além do sistema online, os condutores também podem realizar o boletim nos postos do Batalhões de Trânsito.

Como fazer

Para registrar a ocorrência nos cinco municípios contemplados até o momento (Vitória, Serra, Vila Velha, Cariacica e Viana), o condutor de algum dos veículos envolvidos ou testemunha deverá acessar o site www.detran.es.gov.br ou o site https://pm.es.gov.br/ e clicar no serviço 'Boletim de Ocorrência de Acidentes de Trânsito (BOAT), que também estará disponível em um banner na capa do site do Detran|ES. O interessado será direcionado para o “Acesso Cidadão”, página que reúne serviços e programas do Estado do Espírito Santo. Caso ainda não tenha uma conta, será necessário criá-la.

Nas páginas seguintes, o cidadão deverá preencher a identificação do condutor e informações sobre os veículos envolvidos, a ocorrência e avarias verificadas. Após conferência e liberação da declaração em caso de conformidade, que serão feitas de forma eletrônica pela equipe do BPTran, o cidadão será informado via e-mail da aprovação da declaração, com a respectiva geração do Boletim de Ocorrência, que será impresso no próprio site do Detran|ES ou da Polícia Militar, no mesmo endereço eletrônico onde o usuário realizou o registro.

Antes e depois

Até então, sem o serviço eletrônico, nos casos de acidentes sem vítimas que os veículos conseguiam se locomover, os envolvidos precisariam ir até o posto policial para fazer o registro do acidente sem vítimas. Em acidentes sem vítimas que os veículos não tinham condições de se locomover, a Polícia Militar ia até o local para preenchimento da ocorrência, o que, com o Boletim Eletrônico, será feito pelo condutor diretamente no site do Detran|ES ou da Polícia Militar.

Últimas