Folha Vitória Polícia acaba com quatro festas clandestinas na Grande Vitória durante o final de semana

Polícia acaba com quatro festas clandestinas na Grande Vitória durante o final de semana

Houve detidos e apreensões de drogas, simulacros, bebidas alcoólicas e caixas de som

Folha Vitória
Foto: Reprodução
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

A polícia acabou com pelo menos quatro festas clandestinas na Grande Vitoria neste final de semana. Foram duas em Vila Velha, uma na Serra e uma outra em Vitoria. Foram três pessoas detidas e uma grande quantidade de droga apreendida.

Em uma casa de shows na Praia de Itaparica, em Vila Velha, uma jovem foi detida. Segundo a policia, ela foi se identificou como responsável pela festa clandestina. No local policiais encontraram 70 frascos de lança perfume, conhecido como loló. Além da jovem, policiais também encaminharam para delegacia um rapaz de 26 anos. Com ele, os militares encontraram três pinos de cocaína. 

Na operação para acabar com as festas clandestinas, a Policia Militar contou com o apoio dos agentes da Guarda Municipal de Vila Velha e dos fiscais de Postura, Meio Ambiente e Vigilância Sanitária da prefeitura. Também teve ação preventiva de festa clandestina no bairro Santa Rita, no mesmo município.

Outra ação do grupo aconteceu em um estabelecimento com capacidade para 200 pessoas. No local também aconteceria uma festa clandestina. As equipes recolheram bebidas alcoólicas e caixas de som. Pessoas e veículos foram revistados.

Também teve ação de policiais militares em uma festa clandestina no bairro São Francisco, na Serra, com apreensão de diversos tipos de drogas, um simulacro de arma de fogo e uma pessoa detida. Foram apreendidos, segundo a PM, mais de 700 frascos de loló, 103 comprimidos ecstasy, 23 papelotes de cocaína, 20 papelotes de droga sintética, maconha, um simulacro de pistola e rádios comunicadores.

A quarta festa clandestina interrompida pela PM, também na madrugada de domingo (08) aconteceu no Morro do Macaco, em Vitória. Segundo os policiais, quando chegaram no local acontecia um baile clandestino. Quando viram os militares, as pessoas que participavam do evento teriam jogado pedras e garrafas em direção aos policiais, que se defenderam com uso de equipamento não letal. Os policiais recolheram caixas de som, mas os responsáveis pela festa conseguiram fugir. 

A Polícia Civil ainda não respondeu o que aconteceu com as pessoas que foram detidas.

*Com informações da repórter Milena Martins, da TV Vitória/Record TV

Últimas