Folha Vitória Polícia apreende máscara com rosto de idoso e R$ 64 mil em objetos em Muniz Freire

Polícia apreende máscara com rosto de idoso e R$ 64 mil em objetos em Muniz Freire

Além da apreensão de objetos de alto valor, dois irmãos foram presos. Sendo um deles, segundo a polícia, o chefe de uma boca de fumo

Folha Vitória
Foto: Divulgação / Polícia Civil
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Uma operação policial realizada no município de Muniz Freire, resultou na prisão de dois irmãos de 23 e 32 anos. Sendo o mais novo, apontado como o chefe de uma boca de fumo. Durante a operação, a polícia também apreendeu uma máscara que imitava o rosto de um idoso e diversos objetos de alto valor.

>> Quer receber nossas notícias 100% gratuitas? Participe do nosso grupo de notícias no WhatsApp ou entre no nosso canal do Telegram!

As prisões e apreensões aconteceram durante a "Operação Caixa de Pandora" cujo objetivo é investigar delitos ocorridos em Muniz Freire no último ano, com ligação direta a um traficante da região. A prisão dos irmãos aconteceu na última sexta-feira (18) e a operação contou com apoio da Força Tática e do K9 do 14º Batalhão da Polícia Militar.

Entre os presos estavam um jovem de 23 anos, suspeito de ser um dos chefes do tráfico de drogas no município, e a irmã dele, de 32 anos. As buscas foram realizadas nos bairros Centro e São Vicente de Paula. As investigações começaram há cerca de oito meses.

O titular da delegacia de Muniz Freire, delegado Bruno Alves, explicou que o aumento na criminalidade do município tem relação com o jovem detido na operação.

“Há alguns meses, percebemos um aumento nos registros de ocorrências de crimes patrimoniais e contra a vida no município. Cruzamos as informações e constatamos que a origem dos crimes era a mesma: a boca de fumo, comandada pelo investigado de 23 anos, e que estava em expansão”, afirmou.

Suspeito foi encontrado em casa altamente protegida

Após identificarem as pessoas envolvidas, os policiais se deslocaram até o bairro Centro, em Muniz Freire, para realizar buscas em uma casa que seria do traficante. 

No terceiro andar do imóvel, altamente protegido com grades no corredor e portões de aço reforçado, os policiais encontraram o investigado, que estava na companhia de outro homem e duas crianças pequenas.

LEIA TAMBÉM: Bares de Vila Velha são vistoriados por suspeita de comercializar cerveja adulterada

No local, os policiais encontraram joias, relógios, celulares, dinheiro, uma máscara imitando o rosto de um idoso, ácido para teste de ouro e dois simulacros de arma de fogo, do tipo pistola, além de outros objetos. 

O investigado foi preso em cumprimento de mandado de prisão. O outro homem foi liberado e o Conselho Tutelar foi acionado para tomar as medidas cabíveis em relação às crianças.

Já no bairro São Vicente de Paula, os policiais prenderam uma mulher de 32 anos, que também tinha mandado de prisão em aberto. Com ela, foram encontrados sete celulares, um notebook, um caderno e R$ 2.322,00 em espécie.

Irmãos foram encaminhados para o sistema prisional

Após a ação policial, os detidos foram encaminhados para a Delegacia de Muniz Freire, para onde o material apreendido foi levado. Eles prestaram depoimento e, posteriormente, foram levados ao sistema prisional.

LEIA TAMBÉM: Homem é assassinado a tiros perto da casa onde morava em Ilha dos Ayres, Vila Velha

A mulher se encontra no Centro Prisional Feminino de Cariacica (CPCF), enquanto o homem está no Centro de Triagem de Viana (CTV). Eles permanecerão à disposição da Justiça.

Ainda segundo o delegado Bruno Alves, os materiais apreendidos têm alto valor e as investigações devem seguir em andamento. 

“Nessa operação, estimamos que o valor de todos os objetos apreendidos seja de R$ 64 mil reais. Continuaremos as investigações para averiguar o envolvimento de outros suspeitos nas atividades criminosas”, afirmou.

* Com informações da Polícia Civil.

Últimas