Folha Vitória Polícia prende padrasto acusado de torturar enteado autista em São José do Calçado

Polícia prende padrasto acusado de torturar enteado autista em São José do Calçado

Adolescente apresentava sinais de espancamento pelo corpo e ferimentos na cabeça

Folha Vitória
Foto: Reprodução/ Defensoria Pública do Espírito Santo
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Um homem de 42 anos, acusado de torturar o enteado de 13 anos, foi preso pela Polícia Civil na tarde desta quarta-feira (26), em São José do Calçado. A vítima é um adolescente autista e hiperativo, segundo a polícia. Ele foi internado no hospital público da cidade. O jovem apresentava sinais de agressões nas costas, indicando que havia sofrido golpes com objetos pesados, choques elétricos e ferimentos profundos na cabeça.

A prisão foi resultado de uma investigação que começou na última segunda-feira (24) após denúncia registrada na Delegacia de São José do Calçado. Diante da apuração dos fatos, o delegado Sandro Zanon decretou que o suspeito fosse preso. 

O delegado, após decretar a ordem, negociou com a defesa do suspeito para que ele se apresentasse na Delegacia de Bom Jesus do Norte. O homem foi encaminhado ao Centro de Detenção Provisória de Cachoeiro de Itapemirim, onde ficará à disposição da Justiça.

O crime de tortura é inafiançável e a pena varia de dois a 10 anos de prisão.

O adolescente foi socorrido pelo Conselho Tutela do município. A médica que atendeu a vítima encontrou lesões nas costas, cabeça, no pescoço, braços e nos órgãos genitais do menino. A mãe do rapaz será investigada para saber se foi coagida pelo companheiro a não denunciar os maus-tratos ou se foi omissa em relação à proteção do filho.  

Até o fechamento da matéria, não havia informações atualizadas sobre o estado de saúde do garoto.

Últimas