Folha Vitória Polícia usa balas de borracha e bombas para acabar com baile clandestino na Serra

Polícia usa balas de borracha e bombas para acabar com baile clandestino na Serra

A equipe tentou pedir aos participantes do evento que encerrassem a festa

Folha Vitória
Foto: Reprodução TV Vitória
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

A polícia acabou com mais uma festa clandestina na Grande Vitória. Desta vez, o baile do Mandela aconteceu em Cidade Pomar, na Serra. Os militares precisaram usar bombas de efeito moral e balas de borracha para dispensar a multidão. 

Segundo o relato dos policiais, a equipe tentou conversar com os participantes da festa para acabar com o evento que aconteceu na madrugada de sábado (17) para domingo (18). Eles não aceitaram e, de acordo com a equipe da polícia, teriam sido hostis e agressivos.

A festa clandestina aconteceu em uma avenida conhecida pelo intenso tráfico de drogas. Segundo os moradores, os bailes do Mandela são frequentes na região. No muro de entrada ao bairro tem uma pichação convidando as pessoas, com horário e data. 

Para dispersar as pessoas do evento deste final de semana, os militares deram diversos tiros de balas de borracha, jogaram granadas e gás lacrimogênio. As pessoas correram cada um para um lado e a festa foi encerrada.

De acordo com a polícia, nenhum material ilícito foi apreendido e ninguém foi preso. Ao contrário do baile que ocorreu em Central Carapina, onde pedras de crack, pinos de cocaína, buchas de maconha, dinheiro e até um carregador de pistola foram apreendidos. O material foi encaminhado para o DPJ de Laranjeiras. 

*Com informações da TV Vitória/Record TV. 

Últimas