Folha Vitória Polícia vai investigar morte de idosa queimada em ritual com cachaça

Polícia vai investigar morte de idosa queimada em ritual com cachaça

Beatriz Farias, 65, teve, segundo a família, cerca de 70% do corpo queimado. Ela chegou a ser socorrida, mas não resistiu aos ferimentos e morreu domingo (10)

Folha Vitória
Foto: Montagem Folha Vitória (Arquivo Pessoal/Gabriel Barros)
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

A morte de Beatriz Farias, de 65 anos, será investigada pela Polícia Civil. A idosa morreu após ter o corpo queimado durante um ritual religioso em Vila Velha. O caso aconteceu no último sábado (08).

A reportagem da TV Vitória/Record TV conversou com familiares da mulher. Eles contaram que Beatriz estava depressiva e, por isso, o filho convidou a mãe para ir no ritual de "libertação".

>> Quer receber nossas notícias 100% gratuitas pelo WhatsApp? Clique aqui e participe do nosso grupo de notícias!

A mulher foi ao ritual e pediu para ficar acompanhada do filho, da nora e de uma sobrinha. De acordo com os familiares, a sobrinha tentou gravar parte da sessão. Os membros do local, no entanto, pediram para que ela esperasse do lado de fora.

A sobrinha contou aos familiares que de onde ficou conseguiu acompanhar o que estava acontecendo no local. Segundo o relato dela `à família, a tia foi orientada a comprar um lençol branco.

Durante o ritual, segundo a família, o pai de santo esticou o lençol no chão e pediu para que a mulher se deitasse. Ele teria enrolado a idosa em um lençol e jogado cachaça. Em seguida, ele começou a passar uma vela próximo a mulher.

LEIA TAMBÉM: Suspeito de assaltar e sequestrar mãe e filho é preso na Serra

Segundo a família, ocorreu uma explosão. A mulher teve cerca de 70% do corpo queimado. O filho e o pai de santo tentaram ajudá-la e também ficaram feridos.

Eles foram levados para a Unidade de Pronto Atendimento de Riviera da Barra e, em seguida, por conta da gravidade dos ferimentos, foram transferidos para um hospital na Serra. 

Neste domingo (09), a família foi informada que a idosa não resistiu aos ferimentos e morreu. O corpo foi encaminhado para o Departamento Médico Legal, em Vitória.

LEIA TAMBÉM: Mulher mata marido a facadas após ser agredida na Serra

A Polícia Militar informou que foi acionada para ir ao hospital na Serra. O solicitante disse que a idosa teria participado de um ritual e que, durante a cerimônia, atearam fogo nela. O solicitante disse à polícia que o suspeito de ser o autor do fato era o próprio filho da vítima.

A equipe da TV Vitória/Record TV esteve no bairro onde fica o centro espírita e procurou pessoas próximas ao pai de santo, mas não encontrou ninguém que quisesse falar sobre o ocorrido.

*Com informações da repórter Marla Bermudes, da TV Vitória/Record TV.

Últimas