Folha Vitória Policial militar preso com drogas diz a polícia que foi contratado para guardar e distribuir entorpecentes

Policial militar preso com drogas diz a polícia que foi contratado para guardar e distribuir entorpecentes

Na casa do militar, em Vila Velha, foram apreendidos 230 kg de maconha; durante a operação, outras 3 pessoas também foram presas

Folha Vitória
Foto: Divulgação/Denarc
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Em entrevista coletiva no final da manhã desta quarta-feira (28), policiais da Delegacia Especializada de Narcóticos (Denarc), da Polícia Civil, deram detalhes da prisão de um tenente da reserva da Polícia Militar e da apreensão de 230 kg de maconha, na região de Ponta da Fruta, em Vila Velha.

O entorpecente estava em um carro, na garagem do policial, que foi detido juntamente com a companheira e outras duas pessoas.

De acordo com o delegado Alexandre Falcão, o chefe da organização é um empresário de 40 anos, conhecido como 'Professor'. "Ele era o responsável por comprar essa droga de fora e o militar da reserva era responsável por realizar a entrega para os clientes dessa organização", explicou. 

Foram mais de três meses de investigação e buscas em Vila Velha, Guarapari e Cariacica. Segundo a polícia, a droga era distribuída em toda Grande Vitória. O dono do entorpecente é proprietário de uma distribuidora de bebidas em Cariacica, onde ele foi localizado e preso. 

Sobre a mulher que também foi presa na operação, a polícia explicou que com ela foram encontradas anotações e uma carta vinda do presídio. O teor do bilhete não foi informado.

O policial preso durante a operação, trabalhou mais de 30 anos na Polícia Militar, se aposentou como tenente e, segundo conhecidos, tinha uma carreira 'sem manchas'. De acordo com a polícia, ele receberia dinheiro para guardar e distribuir os entorpecentes. "O militar da reserva confirma que foi contratado pelo 'Professor' para armazenar e realizar a distribuição dessa droga. Para isso, ele receberia a quantia de R$ 5 mil", disse o delegado Alexandre Falcão. 

Nenhum dos envolvidos tinha passagem pela polícia. Eles já foram levados para o presídio. O tenente foi encaminhado para o quartel onde militares ficam detidos. As investigações sobre o caso continuam. 

>> Leia também: VÍDEO | Policial militar da reserva é flagrado com 230 kg de maconha em Vila Velha

* Com informações do repórter Arleson Schneider, da TV Vitória / Record TV

Últimas