Folha Vitória Policial suspeito de atirar em jovem em Vila Velha: testemunhas são intimadas com urgência

Policial suspeito de atirar em jovem em Vila Velha: testemunhas são intimadas com urgência

Um dos advogados do Sindicato dos Policiais Civis do Estado Espírito Santo (Sindipol), Luiz Alfredo de Souza e Mello, informou que a defesa já está ciente

Foto: Câmera de Segurança
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Com inquérito instaurado na Corregedoria Geral da Polícia Civil no Espírito Santo (CGPC) para apurar o caso do policial suspeito de atirar em um jovem na Praia da Costa, a Polícia Civil informou, por meio de nota, que “o policial civil foi ouvido e testemunhas estão sendo intimadas para oitivas, em caráter de urgência”.

Sobre o assunto, um dos advogados do Sindicato dos Policiais Civis do Estado Espírito Santo (Sindipol), Luiz Alfredo de Souza e Mello, procurado para comentar o assunto na manhã desta segunda-feira (15), informou que a defesa já está ciente do inquérito e que aguarda a oitiva das testemunhas para que o delegado sugira o indiciamento ou não do suspeito.

“Sobre o mérito do caso, no momento não vamos comentar. Os delegados são muito precisos na apuração e a gente vai acompanhar de perto”, disse.

O policial suspeito, de 41 anos, havia comparecido à corporação na tarde deste sábado (13) para prestar esclarecimentos. A informação já havia sido confirmada, desde então, pelo advogado Rodrigo Nascimento, do Sindipol.

Entenda

O policial teria atirado contra o jovem após um desentendimento na noite de sexta-feira (12), na Praia da Costa, em Vila Velha. Testemunhas contaram que tudo aconteceu após o policial reclamar das cadeiras que o dono de um churrasquinho havia colocado na rua.

Testemunhas disseram ainda que o policial e a esposa são proprietários de um estúdio de pilates na região e que não gostam que o dono do churrasquinho, que fica perto do estabelecimento, coloque mesas e cadeiras na rua.

Quando o policial foi reclamar com o proprietário, um cliente tentou conversar com ele, mas o homem não gostou. Além de o agredir com um soco, o policial civil ainda teria atirado contra ele.

O jovem foi atingido no braço e socorrido pela Polícia Militar para um hospital de Vila Velha. Testemunhas contaram que ele precisou passar por uma cirurgia. Já o policial, teria saído andando pela rua, tranquilamente. Veja vídeo:

Saiba mais:

>> Vídeo exclusivo mostra policial suspeito de atirar em jovem saindo de churrasquinho em Vila Velha

Últimas