Folha Vitória Posso ir votar de bermuda ou biquíni após a praia? Veja o que é permitido

Posso ir votar de bermuda ou biquíni após a praia? Veja o que é permitido

Neste domingo de eleição, o sol resolveu aparecer no Espírito Santo, o que atraiu muitos capixabas para a praia. Mas será que pode sair de lá e ir direto votar?

Folha Vitória
Foto: EBC
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Neste domingo (30), acontece o segundo turno das eleições 2022. No Espírito Santo, os eleitores capixabas vão às urnas para escolher o governador do Estado e presidente o presidente da República. 

Uma das principais dúvidas sobre o dia da eleição diz respeito ao tipo de vestimenta que o eleitor pode usar para ir às urnas. Muitos se perguntam se é proibido ir votar trajando bermudas e calçando chinelos, por exemplo.

>> Quer receber nossas notícias 100% gratuitas pelo WhatsApp? Clique aqui e participe do nosso grupo de notícias

A Justiça Eleitoral não impõe restrições no que se refere à roupa com a qual o eleitor deverá ir às urnas no dia do pleito. No entanto, estabelece algumas regras que precisam ser respeitadas.

Se está liberado ir votar de bermuda, camiseta e chinelos, o mesmo não se pode dizer para quem for a uma das seções eleitorais sem camisa ou com trajes de banho.

Adesivos e camisetas de candidatos

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) destaca que, no dia da votação, a eleitora ou o eleitor pode manifestar a convicção político-ideológica de forma individual e silenciosa. Isso significa que é permitido o uso de bandeiras, broches, dísticos, adesivos e camisetas.

Uso de celular na seção

O TSE proibiu completamente o uso de celulares na cabine de votação; o aparelho deve ser deixado com o mesário, visando garantir o sigilo do voto.

Em caso de negativa de entrega do aparelho ao mesário, a polícia deve ser acionada. A pena para quem for preso descumprindo a regra é de até dois anos, segundo o TSE.

O eleitor precisa ir à sua respectiva seção eleitoral levando os seguintes documentos: título de eleitor, e-Título (baixado no celular), carteira de identidade, identidade social, passaporte ou outro documento de valor legal equivalente.

*Texto de Mateus Fantoni, aluna de Jornalismo da 1ª Residência da Rede Vitória, sob supervisão de Tiago Alencar.

Leia também: 

>> Boca de urna: eleitores são detidos em São Domingos do Norte e Nova Venécia

>> Guia do eleitor 2º turno: tudo o que você precisa saber antes de votar

Últimas