Folha Vitória Preço médio da gasolina sobe R$ 0,45 em apenas um mês no ES. Veja como economizar

Preço médio da gasolina sobe R$ 0,45 em apenas um mês no ES. Veja como economizar

Preço médio do combustível nos postos capixabas fechou a última semana em R$ 6,60. Há um mês, o litro custava R$ 6,15, segundo a ANP

Folha Vitória
Foto: Estadão Conteúdo
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Depois de vários aumentos no preço dos combustíveis, não é novidade que o bolso do capixaba está sentindo o peso na hora de abastecer. Nas bombas, o preço médio da gasolina, por exemplo, subiu R$ 0,45 em apenas um mês.

Segundo dados da Agência Nacional de Petróleo (ANP), o preço médio desse combustível nos postos capixabas fechou a última semana em R$ 6,60. Na semana anterior, o valor estava em R$ 6,41. E, em relação há quatro semanas, ou seja, em um mês, estava custando R$ 6,15 o litro.

A pesquisa da agência também levantou o preço médio da gasolina em sete cidades capixabas. O valor médio mais alto foi encontrado em postos de Linhares, a R$ 6,83. Em seguida, aparecem Vila Velha (R$ 6,67), Serra (R$ 6,65) e Vitória (R$ 6,54).

Leia também: Saiba quais são os carros que fazem até 17 km/l para você economizar gasolina

Completam a lista da pesquisa as cidades de Aracruz (R$ 6,30), Cariacica (R$ 6,38) e Guarapari (R$ 6,45). Só lembrando que esses são os preços médios no fechamento da última semana.

Gasolina passa de R$ 7 em algumas cidades do ES

Outra pesquisa realizada pela Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz) constatou que o preço médio da gasolina comum no Espírito Santo já passa de R$ 7 em algumas cidades capixabas. Em mais da metade dos 78 municípios do Estado, o valor do combustível ultrapassou a média de R$ 6,50.

O levantamento feito pela Sefaz indicou que o litro da gasolina no Estado custava R$ 6,51 na quinta-feira (28).

A cidade de Castelo, no Sul do Estado, tinha o litro da gasolina mais caro na ocasião, custando, em média, R$ 7,43. Na semana anterior, o litro no município custava R$ 7,13.

Outras cidades do Sul também apresentaram preços elevados acima dos R$ 7. É o caso de São José do Calçado (R$ 7,14), Divino de São Lourenço (R$ 7,02), Muniz Freire (R$ 7,11) e Marataízes (R$ 7,12). 

O que fazer no seu carro para economizar gasolina

A pedido do Folha Vitória, o professor de Engenharia Mecânica do Ifes Leonardo Rodrigues separou algumas dicas para implementar no carro e ajudar a economizar no combustível.

Seguindo essas dicas, o motorista pode reduzir cerca de 30% dos gastos em combustível durante o ano. "Algumas ações práticas ajudam a reduzir em torno de 30% dos gastos anuais relacionados ao abastecimento do automóvel. Mas vale ressaltar que a economia no consumo do combustível varia para cada automóvel", explicou.

Verifique a calibragem dos pneus

Pneus murchos aumentam a superfície de contato da roda com o solo, exigindo mais energia do motor para manter o carro em movimento, e consequentemente, o consumo de combustível aumenta.

Se possível, mantenhas as janelas fechadas

O clima tropical, nem sempre permite que as pessoas circulem com as janelas fechadas e sem ar condicionado. Mas, quando possível, a dica é manter fechada as janelas, teto solar e reduzir qualquer peso ou bagageiro desnecessário no momento de uso. Quanto mais pesado o carro estiver, mais força é necessária para mantê-lo em movimento. Logo, o consumo de combustível aumenta.

Use o ar condicionado de forma correta

Quando estiver acima dos 60 km/h usar o ar condicionado irá gastar menos combustível do que deixar os vidros abertos. Para o ar condicionado funcionar, o compressor é acionado por uma correia ligada ao motor. Em baixas velocidades, o consumo do combustível pode aumentar em até 20%. Desta forma, é indicado avaliar a relação custo benefício entre conforto e consumo. Em hipótese alguma ligue o ar condicionado com as janelas abertas ou coloque o resfriamento no máximo. Conforme normas técnicas, para uma boa condição de conforto é indicada uma temperatura interna do veículo de 24°C.

Cuide da manutenção do filtro de ar

O filtro de ar do motor deve ser checado periodicamente, caso não ocorra essa troca, isso irá influenciar diretamente no consumo do carro. O filtro de ar sujo diminui o fluxo de ar para o motor, prejudicando a mistura de ar e combustível ideal para o bom rendimento do motor.

Reduza o tempo em que o veículo fica parado

Situações onde usamos muito os freios, acelerador e marchas baixas repentinamente também elevam o consumo do carro. Como uma boa opção de redução de gastos, o sistema start-stop se mostra uma opção viável para diminuir o consumo do carro. Este sistema é controlado por uma central eletrônica que identifica o momento de ligar e desligar o motor do automóvel. Desta forma, os carros adeptos a esta tecnologia possuem motores mais resistente e uma bateria projetada para tender a números mais elevados de partida. Além de reduzir o consumo de combustível, este sistema também reduz a emissão de poluentes.

Modo de dirigir

Freadas bruscas, dirigir mais rápido que o necessário ou atrasar na troca de marchas aumentam o consumo do combustível.

Atenção a qualidade do combustível

Diesel, gasolina e álcool de baixa qualidade podem elevar o consumo de combustível, além de ocasionar danos ao motor do automóvel. Além do sistema de injeção do carro fornecer mais combustível ao motor, o combustível da baixa qualidade pode desencadear uma série de danos a todo o sistema interno do veículo. Manter o sistema de injeção de combustível sempre limpo, aumenta o desempenho do carro e mantém o consumo de combustível ideal.

Aquisição de carros econômicos

Caso esteja pensando em comprar ou trocar de carro leve em consideração o custo benefício. O Inmetro fornece uma lista com a taxa de consumo do combustível das principais marcas e modelos no mercado nacional. Além do modelo, deve-se considerar o tipo de combustível. Automóveis a diesel, elétricos ou híbridos também são excelentes opções quando se trata em economizar no consumo.

Últimas