Folha Vitória Prêmio Impactos Positivos 2021 anuncia os 12 finalistas

Prêmio Impactos Positivos 2021 anuncia os 12 finalistas

Os 12 projetos mais votados (3 em cada categoria) passam agora por um novo processo de votação popular no site oficial e pela avaliação de um júri de especialistas até o dia 20 de novembro. Os quatro grandes vencedores serão premiados no dia 25 de novembro.

Folha Vitória
Foto: Divulgação/DINO
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Estão definidos os 12 finalistas do Prêmio Impactos Positivos 2021. Mais de 20.000 votos foram contabilizados e os 3 projetos mais votados em cada categoria do Prêmio –  Impacto Ambiental, Impacto Cultural, Impacto Econômico e Impacto Social – passam agora por um novo processo de votação popular no site https://impactospositivos.com/ e pela avaliação de um júri de especialistas até o dia 20 de novembro.

No dia 25 de novembro, os quatro grandes vencedores – 1 em cada categoria – serão anunciados e premiados durante evento on-line na plataforma digital Bureau Mundo. O evento também será transmitido simultaneamente na página oficial do Prêmio Impactos Positivos 2021 no Facebook.

“Todos os projetos finalistas acreditam no colaborativismo para fazer a diferença e construir um mundo melhor. Ficamos contentes ao dar voz e visibilidade para iniciativas que querem transformar realidades nas mais diferentes localidades do Brasil”, destaca Gisele Abrahão, diretora da Global Vision Access e idealizadora do Prêmio Impactos Positivos.

Este ano, o Prêmio Impactos Positivos contou com 137 iniciativas inscritas. Entre as ações realizadas pelos 12 finalistas do Prêmio Impactos Positivos 2021 destacam-se os trabalhos em prol da inclusão social, da educação e da geração de renda. 

Impacto Ambiental

O reflorestamento, a educação ecológica e alimentar, a sustentabilidade, a reciclagem e a troca cultural ativa com os povos indígenas são as principais atividades do projeto MUDHEI, criado em São Paulo em 2020 após uma reserva indígena ter sido vítima de queimadas. Desde então, o MUDHEI segue atuando no reflorestamento de outras áreas e na construção de hortas comunitárias para a emancipação alimentícia de comunidades indígenas.

O projeto Ninho de Pássaros, em Caieiras (SP), produz casinhas de madeira para pássaros com matéria-prima reutilizada e visa, por meio do modelo de economia circular, capacitar jovens em marcenaria e artes. O projeto já reaproveitou 3,4 toneladas de madeiras. 

O projeto Pet Amigo, de Palmeira dos Índios, em Alagoas, é voltado para o cuidado de cães e felinos em situação de abandono e maus tratos. São realizados atendimentos clínicos e cirúrgicos por toda a cidade através de um Castramóvel e ações para o incentivo à adoção desses animais.

Impacto Cultural

O Coletivo Ponto Cultural foi criado para promover a inclusão social de moradores de Itaboraí, no Rio de Janeiro. Com cursos gratuitos de teatro, cinema e instrumentos musicais, o projeto democratiza o acesso ao conhecimento e à arte.

O projeto Olhar Solidário: Fotografia e Turismo cria condições para comunidades em Boa Vista (Roraima) desenvolverem a arte da fotografia. A iniciativa tem como objetivo valorizar a cultura regional e estimular a própria comunidade a desenvolver um novo olhar para as memórias e os patrimônios existentes na região em que vivem.

Já o projeto Semente Materna Poética incentiva o protagonismo de estudantes por meio da arte e da poesia nas escolas ribeirinhas e indígenas de Beruri, no Amazonas. A iniciativa tem o apoio de professores locais e já lançou mais de 100 novos artistas e poetas. 

Impacto Econômico

O Acelera Turismo tem o objetivo de promover meios de subsistência para famílias em situação econômica desfavorável através do fomento ao turismo em Caieiras, São Paulo. O projeto incentiva a população local a conhecer os instrumentos turísticos da cidade.

Com oficinas e palestras gratuitas, a Agência de Oportunidades promove a troca de conhecimentos entre universitários, estudantes de escolas públicas e a comunidade em geral no município de Currais Novos, no Rio Grande do Norte. O projeto aborda temas como planejamento de carreira, empreendedorismo, comunicação e qualidade de vida.

Em Nova Odessa (SP), o projeto Expansão Social / P.E.I.S. busca por meio do empreendedorismo comunitário contribuir para o desenvolvimento de comunidades com baixo IDH e para a capacitação de moradores em busca da geração de renda.

Impacto Social

A Associação Música Amigos Solidários leva aulas de balé, futsal, atletismo, ginástica rítmica, música, defesa pessoal e informática a jovens em situação de vulnerabilidade em Rio Branco, Acre, além de auxiliá-las com cestas básicas e produtos de higiene pessoal. 

O Instituto GAS-Grupo de Atitude Social atua nos estados de São Paulo e Rio de Janeiro, amparando pessoas e animais em situação de rua e famílias em extrema pobreza. O instituto fomenta a doação de alimentos e de produtos de higiene pessoal para cerca de 1.500 famílias e ajuda dependentes químicos. E para o futuro, o instituto pretende construir um núcleo de reabilitação humana e animal. 

O projeto Refeição de Amor procura minimizar a fome de pessoas em situação de vulnerabilidade na capital paulista. Por meio de voluntários, o projeto produz e distribui 1.500 marmitas saudáveis todos os sábados para pessoas em situação de rua e comunidades na zona norte de São Paulo.


Premiação

O Prêmio Impactos Positivos 2021 tem o patrocínio oficial do Sebrae, parceria da entidade internacional Global Impact Network e o apoio do chef Vinícius Rojo, do professor de finanças Mauro Calil, da atriz Giovanna Menegon e da jornalista Ana Duék, embaixadores do prêmio. Entre as plataformas promotoras: Lado B Viagem, Lipe Travel Show, Acordei Quero Viajar, Viramundo e Mundovirado, Live More, Travel More, Viajar pelo Mundo, Mundo pra Viver, Travelterapia, Travelpedia e Patty Leone.  

Os 4 projetos vencedores serão premiados com: 

Uma (1) mentoria sobre Empreendedorismo Sustentável ministrada pela Global Impact Network e o certificado oficial Global Impact Award Crédito especial no ecossistema sustentável do Crédito Pérola; Um (1) ano de assinatura grátis no ecossistema do Instituto Capitalismo Consciente;  Uma (1) hora de mentoria em Marketing Digital com a especialista Marta Poggi; Uma (1) hora de sessão "Uma Jornada Interior" com a terapeuta Luana Fonseca; Um (1) livro “Pode ser Melhor”, escrito pela terapeuta Luana Fonseca;  Duas (2) horas de mentoria em Gestão de Negócios com experts da Mulheres do Turismo em Rede; Duas (2) horas de consultoria jurídica com a Assis e Mendes Advogados para contratos ou criação e revisão de Estatutos ou ainda formalização de empresas PJ; Duas (2) horas de leitura do mapa astrológico por Giovanna Menegon. 

Últimas