Folha Vitória Procon notifica Uber após reclamações de cancelamentos de viagens no Espírito Santo

Procon notifica Uber após reclamações de cancelamentos de viagens no Espírito Santo

A empresa tem o prazo de dez dias, a partir do recebimento da notificação, para se manifestar sobre as reclamações dos passageiros do Espírito Santo

Folha Vitória
Foto: Banco de Imagens / Unsplash
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

O Procon do Espírito Santo notificou a empresa de transportes Uber do Brasil Tecnologia por causa das constantes reclamações dos passageiros recebidas pelo órgão de proteção aos direitos do consumidor. 

As insatisfações dos usuários do aplicativo, segundo o Procon-ES, estão relacionadas ao cancelamento excessivo de viagens, à demora para a localização de motoristas e ao aumento do valor da viagem.

Para o diretor-presidente do Procon-ES, Rogério Athayde, as práticas de cancelamentos das viagens, além do posterior aumento do preço pela prestação do serviço, poderiam ser enquadradas como "vantagem manifestamente excessiva".

“De acordo com o Código de Defesa do Consumidor, o fornecedor deverá prestar o serviço de forma eficaz e com qualidade, evitando práticas comerciais desleais ou abusivas”, destacou o diretor.

A notificação foi enviada na última quinta-feira (18). A empresa tem o prazo de dez dias, a partir do recebimento da notificação, para se manifestar.

O que diz a Uber sobre as reclamações dos passageiros

Em nota, a Uber afirmou que ainda não recebeu a notificação do Procon do Espírito Santo e disse que, quando receber, fará todos os esclarecimentos necessários.

LEIA TAMBÉM: Lembra dos tuk-tuk de Vitória? Saiba o que aconteceu com os veículos divertidos

A empresa lembrou que os motoristas parceiros são profissionais independentes e, assim como os passageiros, podem cancelar viagens quando julgarem necessário. 

"Cancelamentos excessivos ou para fins de fraude, porém, representam abuso do recurso e configuram mau uso da plataforma, pois atrapalham o seu funcionamento e prejudicam intencionalmente a experiência dos demais usuários e motoristas. A Uber tem equipes e tecnologias próprias que revisam constantemente os cancelamentos para identificar suspeitas de violação ao Código da Comunidade e, caso sejam comprovadas, banir as contas envolvidas", esclareceu.

A Uber explicou ainda que, quando a demanda por viagens em uma área é maior do que o número de motoristas parceiros circulando na região, naquele momento, o preço se torna dinâmico e o valor da viagem pode se tornar mais caro do que o habitual. 

De acordo com a empresa, o preço dinâmico é aplicado para incentivar que mais motoristas se conectem ao aplicativo e, assim, usuários possam ter um carro disponível sempre que precisarem. 

Ainda segundo a Uber, quando a oferta de motoristas na região sobe novamente, os preços voltam ao normal. A empresa destacou que o preço dinâmico é informado ao usuário no momento em que a viagem é solicitada.

Últimas