Folha Vitória Procon Vitória aponta aumento de 50% em preços de itens de primeira necessidade

Procon Vitória aponta aumento de 50% em preços de itens de primeira necessidade

Já os ovos (brancos – 30 unidades) tiveram redução: em março, o menor preço era R$ 10,97 e, agora, são encontrados por R$ 8,99, o que representa uma queda de 18,05%

Folha Vitória
Foto: Divulgação
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

O Procon Vitória divulga a nova pesquisa comparativa de preços dos produtos de primeira necessidade encontrados nos supermercados de diferentes regiões da cidade. O levantamento aponta que o feijão teve um aumento de mais de 50% do início da pandemia até agosto, custando R$ 4,45 em março e R$ 6,78 agora.

Ao comparar o preço do frango, a equipe de coleta de dados do Procon Vitória registrou um aumento de 19,88% no quilo (inteiro/congelado): em julho, por exemplo, o menor preço encontrado foi de R$ 4,98 e, agora, R$ 5,97.

Já os ovos (brancos – 30 unidades) tiveram redução: em março, o menor preço era R$ 10,97 e, agora, são encontrados por R$ 8,99, o que representa uma queda de 18,05%.

Metodologia

Neste período de pandemia, em que as famílias estão elencando suas prioridades, a pesquisa listou os 18 itens apontados pelos consumidores como ainda mais essenciais.

O levantamento destaca ainda onde e em quais itens o consumidor pode economizar em cada supermercado. Veja aqui. A coleta de dados aconteceu em nove estabelecimentos da capital, no dia 31 de julho.

A gerente do Procon Vitória, Herica Correa Souza, frisou que a pesquisa é fiel às especificações dos produtos, como marca e quantidade, já utilizadas nos levantamentos anteriores.

Comparativo menor preço julho e agosto

Preço médio dos produtos e percentual de abastecimento por estabelecimento

Quantidade de itens com menor preço encontrado por supermercado

Relatório técnico da pesquisa

Economia

A secretária de Cidadania, Direitos Humanos e Trabalho, Renata Freire, reforçou que um levantamento dessa natureza permite uma rápida comparação e também a identificação dos estabelecimentos que apresentam maior quantidade de itens com o menor preço.

"Essa radiografia contribui para uma redução dos gastos e, consequentemente, possibilita uma maior diversidade de produtos nas cestas das famílias. Essa é a maior contribuição da pesquisa de preços dos itens de primeira necessidade", avaliou Renata.

Últimas