Folha Vitória Procura de homens por tratamentos emergenciais diminuiu 54% durante a pandemia

Procura de homens por tratamentos emergenciais diminuiu 54% durante a pandemia

Médica diz que eles estão se cuidando menos ainda durante este período. A probabilidade de doenças incidirem nesse público é maior

Folha Vitória
Foto: Divulgação / Pexel
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Durante o último mês de julho, a Sociedade Brasileira de Urologia (SBU) realizou uma pesquisa com mais de 700 urologistas associados e constatou que a procura por cirurgias eletivas urológicas caiu 50% durante a pandemia. O resultado provocou uma preocupação ainda maior por parte dos especialistas, principalmente com os homens, que geralmente se cuidam menos que as mulheres quando o quesito é saúde.

"A probabilidade de homens terem doenças do coração, câncer, diabetes, colesterol elevado, hipertensão e obesidade é uma tendência preocupante, por isso afirma-se que no Brasil, em média, os homens vivem sete anos a menos do que as mulheres", afirma o uro-oncologista, Dr. Daher Chade.

Segundo o especialista, com o surgimento da pandemia, aconteceram diversas mudanças drásticas na vida de muitas pessoas, afetando a saúde física, psicológica e social. "Através da pesquisa da SBU com especialistas, ficou nítida o quão alarmante está a agressividade dessa doença (Covid19), pois os atendimentos assistenciais para outras especialidades diminuíram de forma significativa: mais da metade dos pacientes que necessitavam de tratamento cirúrgico deixou de ser operada". 

Dr. Chade conta que o surgimento da Telemedicina facilitou o processo de atendimento, e que deve ser utilizado pelos pacientes em diferentes estágios, pois o tratamento ou a assistência devem continuar para o bem-estar e a qualidade de vida do paciente. "Apesar das recomendações para evitar o ambiente hospitalar, precisamos ressaltar que a assistência emergencial continua sendo realizada e que a telemedicina é uma opção segura e que deve ser utilizada para atender todos os casos", completa o médico.

Últimas