Folha Vitória Professor de 41 anos desaparece no ES e família pede ajuda para encontrá-lo

Professor de 41 anos desaparece no ES e família pede ajuda para encontrá-lo

De acordo com familiares, Diego era bastante caseiro e só saía de casa para ir trabalhar. Ele é professor de Geografia em uma escola municipal

Folha Vitória
Foto: Divulgação
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Um professor de Guriri, no litoral de São Mateus, está desaparecido há quatro dias. Diego Vaccari, de 41 anos, foi visto pela última vez na manhã de sábado (9), caminhando pelas ruas da cidade. Desde então, a família não teve mais notícias dele.

De acordo com familiares, Diego era bastante caseiro e só saía de casa para ir trabalhar. Ele é professor de Geografia em uma escola municipal.

No dia do desaparecimento, no sábado pela manhã, a esposa dele havia ido à casa da mãe dela. Quando retornou, no entanto, já não encontrou dinheiro em casa e nenhum sinal de onde ele teria ido. 

Nem mesmo o celular Diego levou. Nas imagens, ele aparece carregando apenas uma sacola. Primeiro, os familiares se reuniram nas buscas e uns alguns vizinhos deram pistas de onde ele poderia ter ido, cedendo as imagens de videomonitoramento. 

Mesmo com todo o esforço, o professor não foi encontrado e a família decidiu acionar a Polícia Civil, o Corpo de Bombeiros e a Defesa Civil do município. 

Mais de 110 boletins por desaparecimento foram registrados no Estado

O caso de Diego é mais um na estatística de desaparecidos no Estado. No ano passado, foram registrados 448 desaparecimentos no Espírito Santo. Ao todo, 356 pessoas foram encontradas. 

De janeiro a março de 2022, foram registrados 110 boletins de ocorrência por desaparecimento de pessoas. Desse total, 86 foram encontradas.

Além de lidar com o sofrimento causado pelo desaparecimento do Diego, a família tenta entender o motivo do sumiço. Eles contaram que o homem não teria nenhuma razão para sair de casa e não retornar.

Segundo eles, o homem não usava drogas e não tinha problemas. Eles afirmaram também que Diego não estaria passando mal e não enfrentava nenhuma dificuldade. Ele e a esposa moram em Guriri, mas a família dela mora na cidade de São Mateus e a família dele em Linhares.

Eles dizem que mantinham um contato e que não haveria nenhum problema com Diego. A família pede quem tiver qualquer informação, que contribua para encontrar o homem.

Segundo a Polícia Civil, as investigações estão em andamento. Quem tiver informações pode entrar em contato por meio do disque-denúncia 181. 

Com informações do repórter da TV Vitória/Record TV, Rodrigo Schereder.

Últimas