Folha Vitória Professor fala de ecologia e logística reversa de lâmpadas a pais e estudantes

Professor fala de ecologia e logística reversa de lâmpadas a pais e estudantes

Biólogo abordará ecologia e o destino correto de lâmpadas em palestras e nas redes sociais da associação

O biólogo Samuel Cunha é o mais novo Embaixador do Conhecimento Reciclus, com a missão de falar para crianças e jovens sobre ecologia e a importância de não jogar lâmpadas queimadas no lixo comum, em aulas online ou presenciais e nas redes sociais da associação.

A Reciclus é uma associação sem fins lucrativos responsável pela implementação de pontos de entrega de lâmpadas em estabelecimentos comerciais em todo Brasil, e que já coletou e deu destinação ambientalmente correta a mais de 24,9 milhões de unidades em todo o país.

Como Embaixador do Conhecimento Reciclus, o professor Samuel Cunha irá produzir conteúdo específico sobre sustentabilidade e logística reversa para as redes sociais da associação, realizar palestras presenciais e online em escolas, e também dar dicas valiosas para pais e estudantes, ou seja, os materiais trarão informações relevantes, atuais e com base científica, de forma leve e descontraída.

“Os conteúdos irão relacionar sustentabilidade com meio ambiente. A ideia é aproximar os estudantes e também o público em geral de hábitos mais saudáveis de consumo e da discussão sobre temas como, por exemplo, impactos ambientais e ações que podemos tomar para amenizar o problema”, afirma.

Para o professor, os estudantes precisam primeiro entender a importância de dar destino adequado aos resíduos e depois praticar na escola. “Como professores, devemos propor debates sobre questões como os impactos negativos da poluição para as espécies (incluindo a nossa) e os benefícios econômicos, sociais e ambientais da reciclagem”, diz.

Assim como a escola, os pais possuem papel fundamental na educação ambiental dos filhos, na opinião de Cunha. “Eles podem estimular ideias e dar exemplo dentro de casa. Juntos podem abraçar projetos feitos na escola e utilizá-los em sua residência: composteiras, lixeiras para descarte seletivo dos resíduos, economia de energia, descarte adequado de lâmpadas são exemplos de iniciativas que além de gerar economia reduzem os impactos sobre o meio ambiente”, explica o professor.

Para quem vai fazer o Enem ou prestar vestibular, o especialista dá dicas para a redação com temas ambientais. “Na prova de biologia, o conteúdo mais cobrado é ecologia, o que inclui impactos ambientais. Outros assuntos, como saneamento básico, escassez de água, preservação ambiental e energias renováveis já foram abordados. É importante que o aluno conheça os temas ambientais e, principalmente, as soluções que podem ser tomadas de forma a amenizar os impactos causados pela humanidade”, afirma Cunha.

Além da parceria com o professor Samuel Cunha, a Reciclus mantém uma série de ações voltadas à educação ambiental, como o programa Reciclus na Escola, que inclui material de apoio com exercícios para que os professores utilizem em sala de aula, voltados a alunos do ensino fundamental e médio, além de videoaulas. Para obter mais informações e ter acesso aos materiais é necessário entrar em contato pelo e-mail reciclus@reciclus.org.br.

Últimas