Folha Vitória Professora é morta a facadas no norte do Espírito Santo; marido confessou o crime

Professora é morta a facadas no norte do Espírito Santo; marido confessou o crime

A polícia desconfiou da versão do suspeito e, ao confrontá-lo, ele confessou o crime

Folha Vitória
Foto: Reprodução/Arquivo Pessoal
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Uma professora foi morta a facadas na noite de sexta-feira (21), no município de Rio Bananal, no norte do Espírito Santo. Regiane Caetano Alves, de 38 anos, chegou a ser socorrida, mas não resistiu aos ferimentos.

A Polícia Militar foi acionada por funcionários do pronto socorro do município, para onde ela foi levada pelo marido. A mulher deu entrada no local com parada cardiorrespiratória e dois ferimentos na barriga, aparentemente causados por faca.

Segundo a polícia, o homem informou para a equipe médica que estava sozinho com a companheira em casa. Cléber Alves, de 41 anos, teria ido dormir e escutou a esposa gritando "socorro".

Foto: Reprodução
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Ele contou que, ao chegar na sala,  se deparou com a mulher sentada no chão, ensanguentada. O homem teria dito que a mulher foi atacada. 

Desconfiados da versão apresentada, o homem foi levado por policiais para a Delegacia de Linhares e acabou confessando o crime. Cléber foi autuado em flagrante pelo crime de homicídio qualificado por feminicídio e encaminhado ao sistema prisional.

A prefeitura de Rio Bananal, onde a professora trabalhava, divulgou uma nota de pesar pela morte da educadora. "Professora muito dedicada e querida pela comunidade educacional. A todos os amigos, colegas de trabalho e familiares, a SEMEC externa os seus mais profundos sentimentos pela irreparável perda".

*Com informações da TV Vitória/Record TV. 

Últimas