Promotoria de Justiça de monta força tarefa para combater incêndios em Colatina e região

Várias ações são realizadas para alertar para as consequências dos incêndios que vão além dos danos ambientais

Foto: internet
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Devido o tem seco e os inúmeros casos de queimadas em Colatina e região, a Promotoria de Justiça do município,resolveu montar uma força tarefa de combate aos incêndios.

A Polícia Militar Ambiental, a Defesa Civil, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e o Corpo de Bombeiros estão realizando várias ações para alertar para as consequências dos incêndios que vão além dos danos ambientais.

O Corpo de Bombeiros, que atende a 11 municípios da região Noroeste, informou que só em Colatina foram 163 ocorrências em 2019 sendo 96 casos entre julho e agosto.Há muitos casos que a corporação não consegue atender.

Muitos casos de incêndios em vegetação também ocorrem às margens das rodovias.O fogo começa perto da pista e toma grandes proporções.

Um exemplo, foi um incêndio que aconteceu há alguns dias na BR 259, no trecho entre João Neiva e Colatina.Uma área correspondente a 300 campos de futebol foi queimada por mais de duas semanas.

De acordo com o Corpo de Bombeiros em muitos casos os incêndios são causados por produtores rurais que usam o fogo para limpar áreas da propriedade,mas há casos em que pessoas colocam o fogo de propósito. Neste caso trata-se de crime ambiental.