Quais vão ser as profissões do futuro?

Algumas já existem e vão se potencializar com a abertura de inúmeras vagas, enquanto outras ainda nem se vê no mercado de trabalho

Foto: Divulgação/ Pexels
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

O mercado de trabalho muda conforme a sociedade também se transforma. Investimentos em tecnologia e cultura e comportamentos mais modernos, por exemplo, manifestam-se a cada ano, impactando diretamente nas necessidades de empresas, grupos e pessoas.

Nesse contexto, você já parou para pensar como estará o mercado de trabalho para os profissionais daqui a dez anos? E aí, você acha que vai estar preparado?

Uma das maiores empresas de tecnologia do mundo, a Cognizant Technology Solutions, realizou um estudo baseado em macrotendências em diferentes áreas. O relatório Center for the Future of Work aposta em algumas profissões para um futuro próximo.

Já para este ano, a presidente da ABRH-ES, Neidy Christo, explica que a tendência de retomada econômica deve favorecer o aumento nas contratações em diversas áreas.

“O ano de 2022 ainda será desafiador, com um cenário incerto que envolve a pandemia e as eleições. Mas há uma retomada econômica e muitas empresas estão voltando a investir e contratar. A gente observa uma demanda grande nas áreas de vendas e marketing, porque há necessidade de captação e retenção dos clientes. Há também uma alta procura por profissionais de tecnologia, desde ciência de dados até áreas mais técnicas, e de engenharia, de uma forma geral”, explicou ela.

O Folha Vitória separou 10 profissões que estarão com tudo muito em breve. Confira!

1. Analista de Big Data

Essa profissão já existe e já é bastante requisitada, mas promete se fortalecer ainda mais nos próximos anos. O profissional de Big Data é capaz de gerir e analisar o grande volume de dados gerados todos os dias.

O objetivo é fazer bom uso dessas informações, para assegurar eficiência e rentabilidade para a empresa, e ainda propor novos insights e ideias para o negócio.

2. Profissional de Tecnologia da Informação (TI)

A Tecnologia da Informação é uma área muito abrangente: desenvolvimento, implantação e manutenção de redes, processamento de dados, soluções de informática, hardware e software.

Mas essa função é cada vez mais estratégica para empresas, para além dos problemas técnicos. O profissional já é muito procurado e valorizado, e será cada vez mais, para, dentro de suas possibilidades, explorar tendências e criar soluções que facilitem o dia a dia das pessoas, seja para a empresa, seja para os consumidores.

3. Oficial de Ética de Sourcing

O Sourcing é a terceirização de recursos, uma tendência para as empresas que cada vez mais buscam soluções econômicas e práticas para seus negócios. Neste setor, o profissional tem o dever de garantir que os contratos sigam regras, sobretudo, éticas.

4. Gestor de Resíduos

Já se sabe que, algumas coisas que descartamos para o lixo, poderiam ser aproveitadas. Em uma postura cada vez mais sustentável, empresas buscam profissionais.

Gestores de Resíduos, que atuam para obter o máximo aproveitamento do que seria jogado fora. Ainda, este profissional precisa assegurar o destino correto dos elementos e materiais que não puderam, enfim, ser úteis. 

Com a demanda da sociedade e o ESG implementado em companhias de todos os portes, será cada vez mais comum vagas - e empresas! - relacionadas ao melhor aproveitamento de recursos naturais.

5. Gestor de Negócios de Inteligência Artificial

Definir, desenvolver e implementar programas para acelerar vendas e soluções de negócios de Inteligência Artificial (IA) são as atribuições deste profissional.

6. Walker Talker

O nome pode até parecer que a profissão envolve tecnologia, por conta do aparelho walktalk, mas esta função tem muito mais a ver com as relações humanas.

O Walker Talker é um profissional encarregado de passar um tempo produtivo com pessoas idosas. Conversas, interações divertidas como jogos e caminhadas vão fazer com que as pessoas se sintam melhores, menos sozinhas e mais apoiadas.

O trabalho pode ser feito de maneira virtual ou presencial.

7. Diretor de Portfólio Genômico

Este cargo executivo tem como principais clientes hospitais, seguradoras e outras organizações de saúde, sejam públicas, sejam privadas. 

O Diretor de Portfólio Genômico precisa elaborar estratégias para produtos biotecnológicos, relacionados com pesquisas sobre DNA.

8. Diretor Fiduciário, ou Chief Trust Officer

Um profissional que trabalha para construir relações sólidas de confiança no setor financeiro. O Chief Trust Officer encoraja a transparência, a ética e a responsabilidade no mercado de criptomoedas.

9. Construtor de Jornadas de Realidade Aumentada

Cada vez mais demandada para impulsionar diversas áreas de negócios, a Realidade Aumentada (RA) é uma tecnologia que permite sobrepor elementos visuais à nossa visão da realidade.

De acordo com a Goldman Sachs, o seu uso para entregar melhores experiências aos consumidores pode movimentar US$80 bilhões no ano de 2025.

10. Controlador de estradas

Este profissional do futuro trabalha com Inteligência Artificial e planejamento. Para estradas e espaços aéreos mais seguros, ele monitora, regula, pensa e até manipula esses locais, por meio da programação de plataformas automatizadas de IA, gerenciando movimentos de carros ou drones, por exemplo.

Por isso, se você quer construir uma carreira de sucesso, vale a pena ficar atento às demandas do mercado e buscar atualizações constantes. 

Cursos rápidos podem dar um bom direcionamento como um primeiro passo para aqueles que estão na dúvida de qual caminho se aprofundar.

“Vale ressaltar que também é fundamental estarmos atentos às habilidades valorizadas pelas empresas, e isso independe das profissões. Uma pesquisa da McKinsey com mais de 700 executivos, em 2021, apontou as habilidades que serão priorizadas pelas organizações: liderança e gerenciamento de pessoas; pensamento crítico; gestão de projetos; aprendizado contínuo; boas relações interpessoais; análise de dados; habilidades em TI, estatísticas e em interpretação das informações”, complementou a presidente da ABRH-ES.

Últimas