Folha Vitória Rio Doce ultrapassa cota de inundação em Linhares; Defesa Civil monitora áreas de risco

Rio Doce ultrapassa cota de inundação em Linhares; Defesa Civil monitora áreas de risco

A tendência para as próximas horas, segundo a Defesa Civil, é de que a situação se normalize

Folha Vitória
Foto: Secom/Felipe Reis
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Diante das chuvas que atingiram o Espírito Santo e Minas Gerais, o nível do Rio Doce, em Linhares, ultrapassou a cota de inundação e atingiu, na madrugada desta segunda-feira (22), 3,55 metros. De acordo com o último boletim da Defesa Civil, a tendência, nas próximas horas, é de que o nível fique abaixo da cota de inundação, que é de 3,45 metros.

A Prefeitura de Linhares, por meio da Defesa Civil Municipal, monitora as áreas de risco, principalmente na região do bairro Olaria, e até o momento não há registro de famílias desalojadas. 

A secretaria municipal de Assistência Social já está com as equipes de recepção e abordagem das famílias em situação de risco de prontidão. Caso haja o registro de desalojados, as famílias serão encaminhadas para o ginásio poliesportivo do bairro Araçá onde receberão o auxílio de assistentes sociais, psicólogos e recreadores, além de alimentação.

"A previsão é que o rio fique abaixo da cota de inundação nas próximas horas. Vamos manter a população sempre informada pelos meios de comunicação", afirmou o Chefe da Defesa Civil Municipal, Antônio Carlos dos Santos. 

Em caso de emergência, o cidadão poderá ligar para os telefones 99983 5661 (Defesa Civil), 153 (Guarda Municipal) ou ainda para o 193 (Corpo de Bombeiros). Os militares também acompanham a evolução da cheia.

Últimas