Folha Vitória Rodada de negócios fortalece varejo e indústria de materiais de construção

Rodada de negócios fortalece varejo e indústria de materiais de construção

Associação de comerciantes de materiais de construção de Curitiba, região e litoral (Acomac Grande Curitiba) promove estreitamento entre comerciantes e fornecedores com ênfase na recuperação das vendas. O volume de negócios esperado deve ultrapassar R$ 1,5 milhão, em dois dias

Folha Vitória
Foto: Divulgação/DINO

O Paraná apresentou alta de 6,83% nas vendas do varejo de materiais de construção em maio de 2022, quando comparado ao mesmo período do ano anterior, de acordo com Pesquisa Conjuntural da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Paraná (Fecomércio PR). Apesar do acumulado do ano ainda ser negativo, é neste cenário de otimismo que a Associação de Comerciantes de Material de Construção de Curitiba, região e litoral (Acomac), realiza nos dias 9 e 10 de agosto a 8ª edição da Rodada de Negócios do setor de Materiais de Construção, em São José dos Pinhais, região metropolitana de Curitiba. "Esse é o evento mais esperado pelos lojistas e pela indústria. Essa é uma oportunidade única de estreitar relações e de realizar grandes negócios e que ocorre uma vez ao ano", disse Emerson Estival, presidente da Acomac.

Eventos como esse promovem oportunidades de negócios estimados em R$ 1,5 milhão para o setor, contrariando os números das vendas nacionais no setor de materiais de construção que apresentaram declínio em julho. Conforme dados da Anamaco — Associação Nacional de Comerciantes de Materiais de Construção, o faturamento foi 6% menor, em relação ao primeiro semestre de 2021 e 6,5% menor em comparação a junho do ano passado. No entanto, as lojas têm investido muito na qualificação profissional dos seus colaboradores, buscando, cada vez mais, melhorar a experiência de compra dos clientes, retendo seus talentos na empresa.

De acordo com o presidente da Acomac Curitiba, esse segundo semestre traz várias expectativas positivas. "Houve ajustes nos preços das indústrias, com ofertas pontuais para o varejo, sinalizando que os preços ficarão estáveis pelo resto do ano", disse Emerson Estival. O setor também pode contar com o crescimento do mercado imobiliário residencial que teve recordes em 2021, conforme a Abrainc (Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias). Os lançamentos de imóveis cresceram 27% em 2021 (na comparação com 2020) e totalizaram 153,7 mil unidades. As vendas líquidas (excluindo os distratos) subiram 4,5% e chegaram a 126,7 mil unidades.

Além de conexões para novos negócios, os visitantes da Rodada de Negócios também contam com condições especiais de compra, tabelas exclusivas e participam do lançamento de produtos durante o evento. Segundo a diretora executiva da Acomac, Patricia Bernardi, esse ano o número de expositores será maior, bem como o evento também recebeu novos apoiadores. "Quase triplicamos o número de participantes e conquistamos a parceria do Fecomércio, Sesc e Simaco, além do Sebrae de quem já tínhamos o apoio", disse.

A 8ª edição da Rodada de Negócios acontece dias 9 e 10 de agosto, das 14h às 21h, no Sesc de São José dos Pinhais, na Rua Rocha Pombo, 2864 - Águas Belas.

Últimas