Folha Vitória Roney Cosendey: “Só precisamos agir como um maestro”

Roney Cosendey: “Só precisamos agir como um maestro”

A missão da rede de farmácias Santa Lúcia é satisfazer às necessidades de saúde, bem-estar, higiene e conforto da população, buscando sempre a inovação, o aperfeiçoamento e mantendo a postura ética da organização

Folha Vitória
Foto: Divulgação
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Roney Cosendey acumula vasta experiência e expertise no segmento farmacêutico e é sócio-proprietário da rede de farmácias Santa Lúcia, adquirida em 2016.

A missão da rede de farmácias Santa Lúcia é satisfazer às necessidades de saúde, bem-estar, higiene e conforto da população, buscando sempre a inovação, o aperfeiçoamento e mantendo a postura ética da organização.

Foto: Vitor Machado e Everton Nunes
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória
Manoel Viguini representando o líder Roney Cosendey

Qual é o seu conceito de liderança? 

Liderar é guiar pessoas. Procuro ter atitudes baseadas em valores éticos e morais que motivem nossa equipe a dar o melhor de si.

Por que você foi considerado líder no seu segmento?

Estamos há mais de duas décadas à frente de redes de farmácia. Assumimos há quatro anos a Santa Lúcia e a transformamos na maior rede de farmácias capixaba, com 50 lojas. Estamos confiantes de estarmos construindo uma história de sucesso no Espírito Santo.

Quais são os pilares de uma liderança de sucesso?

Acima de tudo, precisamos ter paixão pelo que fazemos. Ao aliarmos a paixão à competência, boa equipe, comunicação clara e direta e responsabilidade social, temos as bases para uma boa liderança.

Quais são os maiores desafios e conquistas de ser líder?

Atualmente, o grande desafio é gerir uma empresa no ambiente político, tributário e econômico do nosso país. Isso nos gera uma carga adicional de preocupações, e até mesmo de despesas, que pesam muito no final do dia. Por outro lado, vencer essas dificuldades nos torna mais fortes e faz com que nossas conquistas sejam muito mais importantes.

Como motivar pessoas e alinhar os propósitos dos colaboradores com os da empresa?

Sendo objetivo, tendo uma comunicação clara, inspirando através de exemplos. Temos os melhores profissionais do mercado. Só precisamos agir como um maestro e fazer com que todos estejam alinhados com os objetivos da empresa. A comunicação clara e direta é fundamental.

Em que momento e circunstância o líder não pode errar? Por quê? 

Somos obrigados, muitas vezes, a tomar decisões difíceis, a fazer escolhas duras. Errar faz parte do processo de tentar acertar. Mas me incomodaria cometer alguma injustiça com qualquer colaborador, por isso estamos muito atentos à meritocracia e ao reconhecimento dos bons valores que possuímos no grupo.

Este momento desafiador pelo qual estamos passando, por exemplo, pode servir como uma oportunidade para os líderes? Se sim, de que forma?

Com certeza. Diz o ditado que crise é sinônimo de oportunidade. Estamos atentos para captar as oportunidades que o mercado nos apresenta e tentar crescer nesses momentos de crise. A confiança que a equipe deposita no líder só nos motiva a melhorar cada vez mais.

Que comportamentos e atitudes caracterizam o líder do futuro?

Liderar sempre terá a ver com inspirar pessoas. Temos que estar sempre abertos ao diálogo, escutar muito, cobrar com rigor quando necessário, mas também celebrar com entusiasmo quando atingirmos nossas metas. Temos que ser, ao mesmo tempo, otimistas e inconformados. E, logicamente, pautados por valores éticos e de responsabilidade social.

Que futuro você quer para você, sua empresa e seus liderados?

Queremos ser reconhecidos como a melhor rede de farmácias do Espírito Santo e que nossa equipe tenha orgulho de pertencer à Santa Lucia Drogarias.

Últimas