Folha Vitória Roqueiro Marilyn Manson tinha uma 'sala do estupro' em casa, diz cantora

Roqueiro Marilyn Manson tinha uma 'sala do estupro' em casa, diz cantora

Phoebe Bridgers disse que visitou o artista com alguns colegas em sua casa, onde ele teria falado sobre o suposto cômodo do imóvel

Folha Vitória
Foto: Reprodução / Instagram
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Após Evan Rachel Wood contar publicamente sobre o relacionamento abusivo que viveu com o artista Marilyn Mason durante os três anos de relacionamento, mais denúncias foram expostas por outras mulheres. A cantora Phoebe Bridgers contou sobre uma situação que vivenciou com o cantor quando ainda era adolescente.

"Eu fui para a casa de Marilyn Mason quando era adolescente acompanhada de alguns amigos. Eu era uma grande fã. Lá, ele se referiu a um cômodo na sua casa como a 'sala do estupro'. Parei de admirá-lo. Apoio todo mundo que o denunciou", escreveu Phoebe Bridgers em seu Twitter.

A artista ainda revelou que a gravadora do cantor sabia de toda a situação e chamou a equipe de Manson de hipócrita por terem se afastado dele após as denúncias. "A gravadora sabia, os agentes sabiam, a banda sabia. Distanciar-se agora, fingindo choque e horror, é patético para cara***", completou ela.

O cantor negou todas as acusações e chamou as acusações Evan Rachel de "distorções da realidade" e disse que tudo o que aconteceu durante seus relacionamentos foram consensuais.

*Com informações do Portal R7

Últimas