Folha Vitória Saiba qual exercício físico ajuda e previne a flacidez

Saiba qual exercício físico ajuda e previne a flacidez

Segundo o personal trainer Wagner Costa, embora os glúteos constituam o bumbum, os sinais de fraqueza não têm muito a ver com uma parte traseira

Folha Vitória
Foto: Divulgação / Pexel
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Na hora de acenar para alguém, o braço vai dar o sinal de vida da flacidez. E não é somente nessa região do corpo que ela pode aparecer. O incômodo pode surgir na parte inferior do rosto, pescoço, tríceps (parte interna dos braços), abdome, em baixo da axila (costas), coxas e glúteos.

Segundo o personal trainer Wagner Costa, embora os glúteos (tecnicamente três músculos: glúteo máximo, médio e mínimo) constituam o bumbum, os sinais de fraqueza não têm muito a ver com uma parte traseira. Em vez disso, você pode realmente sentir dor em determinadas outras áreas. Como na lombar, dor nas costas, quadril e/ou joelho. Além disso, passar muito tempo sentado não ajuda a musculatura na região.

Exercícios como agachamentos, avanços e elevação de quadril, são uma ótima pedida para o fortalecimento dos glúteos.

Porém, dores e desconfortos maiores, devem ser examinados por um médico. Também gosto de lembrar, que não existe treino milagroso, alimentação correta e boa frequência de exercícios.

Pele e músculos

Existem dois tipos de flacidez: aquela que se concentra na pele e a outra que se dá na musculatura. A primeira é caracterizada por uma frouxidão no tecido e surge por vários motivos, como excesso de sol, gravidez, efeito sanfona e o próprio envelhecimento natural, que geralmente começa após os 30 anos.

Contra flacidez, atividade física

A musculação é a atividade física mais indicada para acabar com a flacidez. Isso porque ela enrijece os músculos e tonifica a pele, mas também existe como opção as atividades funcionais.

Treino para acabar com a flacidez

Foto: Divulgação / Pexel
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Flexão de braços: Ajoelhe-se e espalme as mãos no chão na linha do ombro. Levante os pés em um ângulo de 45 graus (quem estiver em um nível avançado, pode realizar o exercício apoiada na ponta dos pés). Abaixe o tronco, dobrando os cotovelos até a direção do peito e suba lentamente. Execute o exercício em 3 ou 4 séries de 12 repetições.

Abdominal Canivete: Flexione as duas pernas em direção ao abdômen enquanto flexiona o tronco ao mesmo tempo. Durante a execução do exercício, não deixe os pés encostarem no chão, nem relaxe o tronco. A ideia é aproximar ao máximo o tronco das pernas, deixando apenas o bumbum no chão. Execute o exercício em 3 ou 4 séries de 12 repetições.

Agachamento: Fique em pé com os pés na linha do quadril e com os braços apoiados nos ombros ou estendidos à frente do tronco. Agache jogando o quadril para trás, movimentando o menos possível a coluna. Os joelhos não devem ultrapassar a linha dos pés e deve-se formar um ângulo de 90º. Execute o exercício em 3 ou 4 séries de 12 repetições (para mulheres com treino mais avançado, pode ser adicionado uma carga).

Tríceps Banco: Com as mãos apoiadas em um banco, deixe os pés firmes no chão. Flexione e estenda os cotovelos até formar um ângulo de 90°, mantendo a postura (coluna ereta e abdômen contraído). Esse exercício contra a flacidez dos braços pode ser realizado também, com os pés apoiados em um banco ou em uma bola. Execute o exercício em 3 ou 4 séries de 12 repetições.

Afundo: Em pé com os pés afastados na largura dos ombros, deixe os braços estendidos ao lado do corpo. Dê um passo para frente e flexione o joelho até que a coxa da perna que avançou esteja paralela com o chão. A perna ficará em 90º e a coluna sempre ereta. Retorne à posição inicial e repita, usando a outra perna (pode ser realizado intercalando as pernas ou realizando todas a repetições em uma perna e depois na outra). Para mulheres com nível mais avançado, pode ser utilizado halteres nas mãos, ao lado do corpo. Execute o exercício em 3 ou 4 séries de 10 a 12 repetições.

Últimas