Folha Vitória Secretaria de Saúde alerta para os cuidado com o coronavírus durante feriado prolongado no ES

Secretaria de Saúde alerta para os cuidado com o coronavírus durante feriado prolongado no ES

Para quem mora ou trabalha em Vitória, o feriadão será ainda maior, já que na terça-feira (08) é aniversário da cidade

Folha Vitória
Foto: Agência Brasil
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Diante do feriado prolongado do Dia da Independência, comemorado na próxima segunda-feira (07), a Secretaria de Saúde do Espírito Santo (Sesa) alerta a população para que mantenha os cuidados necessários para evitar a proliferação do novo coronavírus. Para quem mora ou trabalha em Vitória, o feriadão será ainda maior, já que na terça-feira (08) é aniversário da cidade.

Mesmo com a flexibilização de algumas medidas, o secretário de Estado da Saúde, Nésio Fernandes, lembra à população que os cuidados devem ser mantidos. “Cada vez mais cai sobre as pessoas a responsabilidade de prevenir a Covid-19, mantendo o distanciamento social, o uso de máscaras e a higienização das mãos. Neste período de feriado prolongado todos devem manter o respeito à essa doença”, afirma o secretário de Estado da Saúde, Nésio Fernandes.

Veja o vídeo:

Em coletiva, realizada na manhã desta sexta-feira (04), o subsecretário de Vigilância em Saúde do Espírito Santo, Luiz Carlos Reblin fez um alerta à população, diante do feriado prolongado. "Que não seja um momento de naturalizar a doença e as mortes, que continuam entre nós. Que permaneçamos nos resguardando e mantenha o cumprimento do isolamento", alertou.

Reblin ainda reforçou que as medidas de proteção também devem ser mantidas. "Os que, por algum motivo, precisarem realizar alguma atividade fora do domicilio, que sejam atividades liberadas, cumprindo as regras de distanciamento entre as pessoas, de utilização de máscaras e higienização das mãos", afirmou.

De acordo com a atualização mais recente do Painel Covid-19, da Secretaria de Saúde do Espírito Santo, até o momento 113.759 casos já foram confirmados no estado, 3.221 pessoas morreram por complicações da doença e quase 103 mil pacientes já estão recuperados.

Últimas