Seis cuidados na armazenagem dos medicamentos

O hábito de criar uma espécie de 'farmácia' dentro de casa não é proibido, mas alguns cuidados devem ser tomados para que esse armazenamento seja funcional e seguro

Folha Vitória
Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Medicamentos são substâncias químicas que auxiliam na prevenção e tratamento de diversas doenças, aliviando sintomas e muitas vezes curando males. Porém, o seu uso deve se dar de maneira adequada e conforme a orientação de um profissional competente, como um médico ou farmacêutico. Muitos brasileiros têm o hábito de armazenar medicamentos em casa, a famosa “farmacinha”. Esta prática é errada?

Pode-se dizer que os medicamentos, popularmente conhecidos como remédios, são responsáveis pelo aumento da sobrevida da população. Doenças não tão complexas, que antes podiam levar um paciente à óbito, hoje podem ser tratadas com medicamentos cada vez mais seguros e eficazes.

O armazenamento dos medicamentos deve ser feito da maneira adequada para evitar acidentes, garantindo também que o medicamento não estrague antes do vencimento. Confira seis dicas práticas para auxiliar no armazenamento correto dos seus medicamentos.

Armazene-os em local de difícil acesso para crianças e animais de estimação, evitando acidentes e intoxicações; Evite guardar em locais com muita umidade, como banheiro ou cozinha, onde ocorrem mudanças bruscas de temperatura; Se utilizar porta-comprimidos, mantenha-o limpo e com o medicamento identificado, evitando ingerir o comprimido errado; Mantenha os medicamentos nas embalagens originais, facilitando a identificação, armazenagem da bula e acesso a validade; Armazene na geladeira, apenas aqueles que forem orientados a guardar a frio, evite deixar na porta para evitar mudanças de temperatura; Medicamentos vencidos devem ser descartados no local correto, como em algumas farmácias que dão o destino adequado.

Últimas