Folha Vitória Seis motoristas de aplicativo são assaltados por dia na Grande Vitória

Seis motoristas de aplicativo são assaltados por dia na Grande Vitória

A Associação de Motoristas de Aplicativo do Espírito Santo acredita que este número pode ser ainda maior, pois alguns motoristas não informam a associação sobre os crimes

Folha Vitória
Foto: Reprodução / TV Vitória
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Crimes contra motoristas de aplicativos são frequentes na Grande Vitória. Um levantamento feito pelo jornalismo da TV Vitória/RecordTV mostra que, nos últimos 22 dias, 12 casos de motoristas assaltados foram exibidos nos telejornais da emissora. 

Os motoristas relatam que a rotina de trabalho é agitada, e repleta de medos e incertezas. De acordo com o presidente da Associação de Motoristas de Aplicativo do Espírito Santo (Amapes), Luiz Fernando Müller, desde o início do fechamento total, houve um aumento de 20% na quantidade de assaltos aos motoristas.

Isso tem aumentado, segundo ele, por conta do comércio estar fechado e dos motoristas de aplicativo serem alvos fáceis, porque muitos andam com o dinheiro pago pelos passageiros durante as corridas. "A gente tem um cadastro das operadoras, então, a gente sabe, por pesquisas feitas em anos anteriores, que 74% dos assaltos à motoristas de aplicativo são praticados por passageiros", informou Müller.

Outro dado informado pela associação é a proporção destes crimes. Segundo a Amapes, só na Grande Vitória, cerca de seis motoristas de aplicativo são assaltados por dia.

Os representantes da associação acreditam que esse número seja ainda maior, pois parte dos profissionais que são vítimas de assalto não comunicam a Amapes sobre o crime.

"O que a gente pede aos motoristas de aplicativo é cuidado com os bairros, cuidado com o horário, e sempre tenha a percepção e um olhar mais aguçado porque a criminalidade está aí e nós hoje somos alvos fáceis", afirmou o presidente da associação.

No mês passado, um dos crimes mais violentos envolvendo motorista de aplicativo aconteceu em Guarapari. Segundo informações da polícia, Amarildo Amaro foi torturado até a morte e chegou a implorar para não ser morto pelos criminosos, que filmaram a ação. O corpo de Amarildo foi encontrado em um matagal e os assassinos foram presos horas depois do crime.

Leia também: Motorista de aplicativo é rendido durante corrida; assustada, passageira saiu correndo

Na última quinta-feira (08) a TV Vitória/Record TV mostrou dois assaltos a motoristas de aplicativo. Os crimes ocorreram em menos de uma hora. Uma das vítimas foi uma mulher e ela contou que recebeu o chamado de uma passageira, mas em Vila Velha, três homens entraram no carro e cometeram o assalto.

* Com informações da repórter Milena Martins, da TV Vitória/Record TV.

Últimas