Folha Vitória Série D: Rio Branco VN arranca empate heroico fora de casa e Rio Branco perde de virada no Klebão

Série D: Rio Branco VN arranca empate heroico fora de casa e Rio Branco perde de virada no Klebão

Em tarde de estreia dos dois xarás, o futebol capixabas começam fase de grupos sem vitória

Folha Vitória
Foto: Cid Fernandes/Rio Branco VN
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

A fase de grupos do Campeonato Brasileiro da Série D começou de maneira distinta para os capixabas. Pelo grupo 6 da quarta divisão nacional, o Rio Branco perdeu de virada para a Caldense, por 2 a 1, no Kléber Andrade, em Cariacica. Já o outro Rio Branco, de Venda Nova, conseguiu arrancar um ponto fora de casa contra a Patrocinense com um gol no apagar das luzes.

Apesar de não ter saído com a vitória, o resultado foi visto como bom pelos polenteiros, que na próxima rodada recebem a equipe do Boa Esporte no Olímpio Perim. A equipe mineira que lidera a chave após golear o Águia Negra, em Varginha. O jogo será no domingo (13), às 15 horas.

Já o Capa-Preta não terá vida fácil. Depois de levar a virada nos minutos finais na partida deste domingo, o time comandado por Cláudio Roberto vai à Uberlândia enfrentar os donos da casa no próximo sábado (12), às 16 horas. Nesta primeira rodada, o clube conseguiu um grande resultado ao vencer a Ferroviária, fora de casa, por 3 a 0 e ocupa a vice-liderança do grupo.

RIO BRANCO 1 X 2 CALDENSE

Na estreia das duas equipes, o primeiro demonstrou muita cautela de ambos os lados, o que deixou a partida muito pegada e de pouca criatividade. Mas na única boa chance de gol, o time capixaba foi eficiente para inaugurar o marcador. Após cruzamento na área e a defesa mineira afastar parcialmente, João Paulo bateu firme da entrada da área no canto baixo do goleiro.

Já na etapa final, a Caldense voltou com uma postura mais agressiva para buscar o empate. No entanto, foram raras as oportunidades do empate, mesmo com o Capa-Preta não conseguindo jogar. Até que aos 35 minutos, o atacante Gabriel Santos, que havia entrado, sofreu pênalti e na cobrança Mariotto deixou tudo igual. Três minutos mais tarde veio a virada mineira em nova jogada de bola parada. Dessa vez em cobrança de falta na área, o zagueiro João Pedro subiu mais que todo mundo e de cabeça colocou números finais à partida.

PATROCINENSE 1 X 1 RIO BRANCO VN

Jogando em casa, o time mineiro começou se impondo contra o Brancão polenteiro. Não demorou muito para a equipe abrir o placar, após roubada de bola, Matheus Santos se livrou bem da marcação e deu belo passe para Marcudinho, que bateu na saída de Giovane Perim. 

O atacante disputou a primeira fase do Capixabão deste ano pelo time capixaba fez valer a lei do ex, mas não comemorou o gol. Em seguida, o jogador poderia ter deixado novamente sua marca na partida, mas perdeu um gol inacreditável dentro da pequena área.

No segundo tempo, o Rio Branco voltou com uma outra postura e passou a controlar mais a partida. No entanto, tinha bastante dificuldade para penetrar na defesa adversária. Dessa forma, a equipe de Antônio Carlos Roy passou a tentar nas bolas aereas. Assim obrigou o goleiro Edson a salvar os mineiros em duas oportunidades.

Mas, no último lance da partida, a bola viajou para a área em falta cobrada no meio-campo. O zagueiro Wesley subiu, ganhou de cabeça do marcador e encobriu o goleiro para dar o empate suado ao Brancão.

Últimas